A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 22 de Outubro de 2017

17/07/2009 08:41

Incomodada com barulho, mulher ateia fogo em empresa

Redação

Incomodada com o barulho produzido por uma empresa vizinha à casa dela, uma mulher colocou fogo no local, por volta de 15 horas dessa quinta-feira, em Selvíria, cidade que fica a 422 quilômetros de Campo Grande.

De acordo com registro policial, Elizete Bento, colocou fogo na Plastsul Reciclagem Plástica Ltda. O incêndios destruiu parte da vegetação que fica na empresa e ainda aproximadamente 10 postes de madeira que sustentam a cerca de arame que divide o pátio.

As chamas estavam quase nas dependências da empresa, quando um funcionário viu a fumaça, a mulher e acionou a Polícia Civil. A Polícia então chamou o caminhão pipa da Prefeitura e o incêndio foi controlado.

Conforme boletim de ocorrência, ao ser abordada pelo funcionário, a mulher disse que se o fogo fosse apagado colocaria novamente.

Ela foi levada à delegacia de Polícia Civil e disse que teve uma crise nervosa porque o barulho produzido pela empresa diuturnamente tira o sossego dos moradores da região. Elizete falou à Polícia que já havia levado o caso a conhecimento das autoridades, mas nada foi feito.

Elizete tem antecedentes por injúria e vias de fato, ambos crimes registrados em janeiro deste ano, em Selvíria.

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 16 milhões na próxima quarta-feira
O prêmio de R$ 11,5 milhões sorteado pela Mega-Sena neste sábado (21) ficou sem vencedor, acumulando em R$ 16 milhões que voltam a ser sorteados na p...
Câmara analisa mudanças em lei de planos de saúde para beneficiar idosos
A Câmara dos Deputados analisa um projeto de lei que pretende alterar a legislação atual que regula o funcionamento dos planos de saúde no país. Entr...
Percepção de pouco risco de doenças faz jovens não se protegerem durante o sexo
A ampla divulgação de que a aids é uma doença que tem tratamento eficaz dá às pessoas, principalmente aos jovens, a falsa sensação de proteção e faz ...
ANS quer limitar valor pago por usuários em planos de saúde com coparticipação
A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) quer limitar o valor que os planos de saúde podem cobrar pela coparticipação, quando o usuário paga uma...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions