ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, QUINTA  18    CAMPO GRANDE 15º

Interior

Brasileira é executada a tiros na frente do filho na fronteira

Jovem estava em um Gol em Capitán Bado junto com o bebê de dois meses e duas amigas quando carro foi metralhado

Por Helio de Freitas, de Dourados | 23/07/2018 09:06
Karol Santy estava em Gol alvejado por vários tiros na noite de ontem (Foto: Reprodução)
Karol Santy estava em Gol alvejado por vários tiros na noite de ontem (Foto: Reprodução)

A brasileira Karol Souza Santy, 21, foi executa a tiros na noite deste domingo (22) em Capitán Bado, cidade paraguaia vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km de Campo Grande. Ela estava em um Gol vermelho com duas amigas e o filho, um bebê de dois meses, quando foi alvejada por vários disparos e morreu na hora.

De acordo com policiais paraguaios, o atentado ocorreu por volta de 22h. Karol dirigia o Gol vermelho, placa HTI-3010, de Coronel Sapucaia, quando os pistoleiros em uma moto se aproximaram e dispararam pelo menos dez tiros de pistola 9 milímetros.

Agentes da Divisão de Homicídios da Polícia Nacional investigam o caso e suspeitam de feminicídio. O corpo da brasileira foi levado para o IML de Capitán Bado a espera de familiares. As duas cidades são marcadas pela guerra que traficantes travam pelo controle do tráfico de drogas e de armas.

Nos siga no Google Notícias