A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Agosto de 2019

13/08/2018 12:01

Campo-grandense é encontrado morto com pés e mãos amarrados

Heberson Junior Cavalcante de Almeida estava em Dourados para reunião política e sumiu após jantar com amigos

Helio de Freitas, de Dourados
Heberson de Almeida foi encontrado morto hoje em Dourados (Foto: Reprodução)Heberson de Almeida foi encontrado morto hoje em Dourados (Foto: Reprodução)

O cabeleireiro campo-grandense Heberson Junior Cavalcante de Almeida, 29, foi assassinado e teve o corpo deixado em uma quitinete em obras localizada no Jardim Carisma, região norte de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

Ele estava desaparecido desde sexta-feira (10) e o corpo foi encontrado nesta segunda-feira. A polícia ainda não informou a causa da morte, mas o rapaz estava com as mãos e os pés amarrados e tinha sinais de espancamento.

De acordo com familiares, Heberson teria vindo a Dourados para participar de uma reunião política. Ele não tinha sido mais visto após se reunir com amigos em um jantar, na sexta-feira.

A polícia já estava investigando o desaparecimento quando o corpo foi encontrado em um conjunto de quitinetes em reforma, na Rua Maipu.

O delegado Rodolfo Daltro, do SIG (Serviço de Investigações Gerais), informou em entrevista à rádio Grande FM que está descartada a ligação do assassinato ao “tribunal do crime”, método adotado pelo PCC (Primeiro Comando da Capital) para julgar e condenar à morte os rivais da facção criminosa.

A principal suspeita é de latrocínio, já que o carro de Heberson, um Fiesta sedan branco, não foi encontrado. Nas redes sociais, amigos do rapaz lamentaram a morte e rebateram as informações de que ele teria sido vítima do “tribunal do crime”.

“Não foi tribunal de crime nenhum, ele era um menino muito bom, tinha seu próprio negócio, de boa família, muito bem criado. Isso foi obra de uma pessoa muito maldosa que não tem Deus no coração”, postou uma amiga do rapaz.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions