A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/04/2016 09:34

Caravana começa quinta-feira e vai “desafogar” saúde pública

Estrutura para atendimentos foi montada no Jardim Água Boa; meta do governo é atender pelo menos dez mil pessoas de 12 cidades

Helio de Freitas, de Dourados
Caravana da Saúde vai atender em estrutura montada no Jorjão (Foto: A. Frota/Divulgação)Caravana da Saúde vai atender em estrutura montada no Jorjão (Foto: A. Frota/Divulgação)

A Caravana da Saúde, programa do governo do Estado que começa quinta-feira (14) em Dourados, a 233 km de Campo Grande, vai desafogar a demanda por cirurgias, exames e consultas na segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul e em outros 11 municípios da região. A expectativa é da Secretaria Municipal de Saúde, responsável pelo atendimento de pelo menos 800 mil habitantes de 33 cidades da Grande Dourados, fronteira com o Paraguai e região sul.

Conforme a Secretaria de Saúde, Dourados recebe diariamente demandas de outras cidades e a caravana garante o apoio necessário para atender todos esses pacientes. Pacientes que esperavam há anos na fila do SUS (Sistema Único de Saúde) serão atendidos. Os dias “D” da caravana são sexta, sábado e domingo, mas os atendimentos seguem até o dia 26 deste mês.

Pacientes comemoram – Ilza Meirelles, moradora no Jardim Novo Horizonte, até já se esqueceu do tempo que espera pelo atendimento e aguarda com expectativa o atendimento. “Estão fazendo algo de bom para o cidadão e isso é algo extremamente necessário, a melhoria da nossa saúde”.

Elizangela Moreira mora no Maracanã e acredita que poderá voltar a caminhar tranquilamente com os amigos e familiares. Ela tem um problema no nariz o que atrapalha a respiração e por consequência sua mobilidade.

A Caravana da Saúde vai atender no Complexo Esportivo Jorge Antônio Salomão, o “Jorjão”, na rua Cafelândia com Itamarati, no Jardim Água Boa. A Secretaria de Saúde informa que o cidadão deve levar documento pessoal com foto e o Cartão do SUS.

Além dos moradores de Dourados, a caravana vai atender pacientes de Caarapó, Deodápolis, Douradina, Fátima do Sul, Glória de Dourados, Itaporã, Jateí, Laguna Carapã, Rio Brilhante e Vicentina.

Pessoas de 55 anos acima podem procurar o Complexo Jorjão para agendar o atendimento. Pessoas com idade inferior precisam ir até uma unidade de saúde dos municípios, para fazer o cadastro. Mesma providência devem tomar as pessoas que estão em fila de espera por cirurgia ou exame.

“Vamos realizar em Dourados mais de 1.200 cirurgias eletivas hospitalares, 4.650 consultas eletivas de especialidades de 8 a 9mil consultas oftalmológicas, 4. 000 cirurgias oftalmológicas, mais de 5.000 exames (ressonância magnética, tomografia, endoscopias, ultrassonografia, entre outros)”, afirmou o secretário estadual de Saúde Nelson Tavares.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions