A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Agosto de 2019

19/03/2019 16:57

Chuva dá trégua, mas casas e estrada continuam alagadas na fronteira

Defesa Civil monitora situação em Porto Murtinho, Bela Vista, Miranda e Bonito

Guilherme Henri
Uma das casas alagadas ontem (18) pelo rio Apa (Foto: Arquivo/ Divulgação)Uma das casas alagadas ontem (18) pelo rio Apa (Foto: Arquivo/ Divulgação)

A chuva deu trégua nesta terça-feira (19) em Porto Murtinho – a 431 quilômetros de Campo Grande – e com isso a Defesa Civil Municipal espera que o nível do rio Apa diminua. Devido a cheia, um destacamento militar e a estrada que dá acesso ao lugar foram inundados.

Ao Campo Grande News, o coordenador da Defesa Civil Estadual, tenente coronel Catarinelli, explica que a situação é acompanhada pelo órgão, que mantém alerta também para Bela Vista, onde 15 famílias ribeirinhas foram retiradas de suas casas, também devido a cheia do rio Apa.

Além disso, outros rios monitorados devido a risco de cheia são: o rio Taquari em Coxim e o Rio Mirando em Bonito. “Nestas cidades não recebemos nenhuma informação de ocorrências, mas vamos manter o alerta. Também ainda não há necessidade de retirar famílias ribeirinhas”, disse.

Porto Murtinho – No destacamento militar, três soldados e um cabo do Exército, que moram e cuidam do local, tiveram que erguer móveis eletrodomésticos para não serem danificados. Lá, o rio Apa está a 2 metros e 30 centímetros acima do normal.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions