A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Julho de 2019

12/07/2019 10:23

Confronto entre policiais e traficantes tem morto e ferido na fronteira

Com helicóptero, equipes da Polícia Nacional caçam traficantes nos arredores de Capitán Bado, onde ocorreu troca de tiros

Helio de Freitas, de Dourados
Fredy Ariel Irala Fernandes, o “Lico’í”, chefe local do tráfico preso hoje em Capitán Bado (Foto: ABC Color)Fredy Ariel Irala Fernandes, o “Lico’í”, chefe local do tráfico preso hoje em Capitán Bado (Foto: ABC Color)

O confronto entre agentes da Polícia Nacional e traficantes nesta sexta-feira nos arredores de Capitán Bado deixou um bandido morto e outro ferido, informou há pouco o promotor Hugo Volpe, chefe da luta contra o crime organizado no Paraguai.

Com helicóptero, equipes da Polícia Nacional e da FTC (Força-Tarefa Conjunta) fazem operação desde as primeiras horas da manhã na Colônia Manta Potrero, a 15 km do centro urbano de Capitán Bado, cidade vizinha de Coronel Sapucaia (MS), a 400 km de Campo Grande. A região é ocupada por lavouras de maconha, controladas por quadrilhas radicadas na fronteira.

A Polícia Federal brasileira, com apoio da Força Nacional, mandou equipes para o lado brasileiro da fronteira. Ao Campo Grande News, a assessoria de comunicação da Superintendência em Mato Grosso do Sul informou que apenas a polícia paraguaia vai divulgar informações da operação.

Em entrevista à rádio Monumental 1080 AM, Hugo Volpe confirmou a prisão do paraguaio Fredy Ariel Irala Fernandes, o “Lico’í”, apontado como líder de uma quadrilha acusada de narcotráfico, assaltos e crimes de pistolagem. O morto e o ferido são da mesma quadrilha.

O promotor informou que o confronto ocorreu em uma propriedade rural a 7 km do centro de Capitán Bado, onde estavam Fredy Fernandes e pelo menos outros oito bandidos armados.

Na fuga, eles atiraram contra os agentes da Senad, que revidaram, mataram um deles e feriram outro. As identidades ainda não foram confirmadas. O bandido ferido foi levado para o hospital de Santa Rosa del Aguaray, no departamento (equivalente a estado) de San Pedro. Outros cinco foram presos.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions