A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 25 de Junho de 2017

13/02/2014 17:23

Conselho tutelar registra, na Delegacia da Mulher, caso de menina que teve bebê

Mariana Lopes

O Conselho Tutelar registrou, na tarde desta quinta-feira (13), na Delegacia de Atendimento à Mulher, o boletim de ocorrência do caso da menina indígena, de 10 anos, que deu a luz um bebê, em Dourados, cidade distante 233 quilômetros de Campo Grande.

A suspeita é de que a menina seja vítima de estupro, ato que resultou na gravidez. De acordo com o Conselho Tutelar, que representa a indígena por ela ser criança, o caso deve ser investigado pela Polícia Civil.

De acordo com as informações preliminares, a menina não chegou a fazer os exames pré-natais e, assim como a mãe da indígena, nenhuma assistente social que acompanha a aldeia onde ela mora tinha conhecimento da gravidez da criança, conforme ressalta o Conselho Tutelar.

O caso também deve ser registrado e investigado pela DAIJ (Delegacia de Atendimento à Infância e Juventude), de Dourados. Conforme informações do Conselho Tutelar, ainda há muitos dados contraditórios na história que precisa ser averiguado.

Estado de saúde - A menina está internada no Hospital Universitário de Dourados, onde deu entrada na segunda-feira (10), já com o bebê. Porém, o parto foi feito no dia 3 de fevereiro, no Hospital da Missão, localizado na área rural da cidade.

O bebê é um menino e a mãe colocou o nome de Lucas. Ele nasceu prematuro, com 1,7 quilo, e ficou internado alguns dias no Hospital da Missão.

Segundo a assessoria de imprensa do HU, mãe e filho passam bem, mas não há previsão de alta para os dois. A menina está sendo acompanhada pelo serviço social do hospital, com acompanhamento de assistentes sociais e do Conselho Tutelar.

 

Caso da menina que foi mãe aos 10 anos será investigado pela Delegacia da Mulher
O caso da menina indígena de 10 anos que deu a luz na tarde de ontem, em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, será investigado pela DAM (Dele...
Vítima de estupro a caminho da escola, menina de 10 anos dá a luz em hospital
Uma menina indígena de 10 anos deu entrada na tarde de hoje (12) no Hospital Universitário de Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, após dar à...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions