A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017

20/12/2014 10:21

Depois das crises políticas, Dourados completa 79 anos em plena expansão

Vania Galceran
Dourados aos 79 anos tem população superior a 200 mil. (Foto:Eliel Oliveira)--
Dourados aos 79 anos tem população superior a 200 mil. (Foto:Eliel Oliveira)--

A segunda maior cidade do Estado, com uma população de mais de 210.218 , faz aniversário neste sábado (20) . Com 79 anos de existência, Dourados se tornou uma cidade consolidada como a mais representativa do interior do Estado. Ao longo desses anos, o município passou por várias transformações políticas e sociais.

Ao longo de todos esses anos, a cidade tornou-se uma das mais importantes no país no que diz respeito ao agronegócio, se tornando um "celeiro" para pequenos e grandes produtores, que encontraram no município uma oportunidade para crescer. Além disso, o empreendedorismo de muitas pessoas em diversos setores também é fator de fomento não apenas ao crescimento econômico e social. Destaca-se ainda os incentivos a uma vocação industrial, principalmente no setor sucroalcooleiro.

Dourados também se tornou um pólo educacional importante para o Estado, abrigando quatro universidades de grande porte com referências nacionais em qualidade de ensino: UFGD (Universidade Federal da Grande Dourados), Uems (Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul), Unigran (Centro Universitário da Grande Dourados) e Anhanguera.

Ainda conforme o IBGE, a projeção é de que o município chegue, em um período estimado de 10 anos, a uma população de mais de 300 mil pessoas.

PIB DOURADOS  - Entre as quatro maiores cidades de Mato Grosso do Sul (aquelas com população acima de 100 mil habitantes), Dourados é que a tem apresentado o maior crescimento anual do PIB (Produto Interno Bruto). De 2011 para 2012 o PIB do município cresceu 13,87%, passando de R$ 4,338 bilhões para R$ 4,940 bilhões.

O crescimento na produção municipal de Dourados, a segunda maior cidade do Estado com 210 mil habitantes e o segundo maior PIB, foi de R$ 602 milhões.

Os números atuais repetem os dados de 2010 para 2011, quando a liderança de Dourados havia sido maior ainda, com a economia crescendo 22,4%. Campo Grande havia ficado em segundo com 13,31%; Corumbá foi o terceiro com 10,81% e Três Lagoas havia ficado em último lugar com 10,5%. De 2009 para 2010 o PIB de Dourados já havia crescido 18%.

PER CAPITA - A renda per capta de Dourados cresceu de R$ 21.862,23 em 2011 para R$ 24.612,46 em 2012. O crescimento foi de 12,58%. Isso representa um aumento na renda média do morador de R$ 2.750,23 em um ano.

O aumento da renda do douradense tem sido uma constante. De 2010 para 2011 já havia crescido 20,95%, saltando de R$ 18.074,64 para os R$ 21.862,23. A agregação ao poder de compra naquele período foi de R$ 3.787,59 por habitante. Ou seja, em dois anos a renda média da população de Dourados cresceu R$ 6.537,00.

POLO DE SERVIÇO - O setor que mais gera riquezas em Dourados é o de serviços, que produziu R$ 2,917 bilhões do PIB de Dourados em 2012, contra R$ 2,600 milhões em 2011. Só este setor agregou R$ 317 milhões à produção local, crescendo 12,19%. Porem, o maior crescimento ocorreu na agropecuária (27,13%).

Este setor agregou R$ 70 milhões à economia, com produção passando de R$ 258 milhões para R$ 328 milhões. A produção da indústria cresceu 10,12%, de R$ 869 milhões para R$ 957 milhões, agregando R$ 88 milhões. É o segundo setor na geração de riquezas em Dourados.

Também cresceu a geração de impostos em 20,65%. O douradense recolheu R$ 126 milhões a maior em impostos federais, estaduais e municipais de 2011 para 2012, passando de R$ 610 milhões para 736 milhões.

PLANEJAMENTO - Para o prefeito Murilo Zauith (PSB), os números são resultado da junção de três fatores, o potencial natural de Dourados, planejamento e a credibilidade. “Dourados é o centro da região mais produtiva de Mato Grosso do Sul, mas passou por umas fases muito difíceis. O que fizemos foi pensar, organizar, planejar a cidade e tomar decisões que estão resultando na melhoria da infraestrutura e qualidade de vida de todos. Com trabalho sério reconquistamos a credibilidade e a confiança do investidor. Assim, Dourados encontrou o caminho do desenvolvimento e entrou num caminho que não tem mais volta”, afirma.

O prefeito cita os investimentos em infraestrutura, como asfalto, melhoria do trânsito, aeroporto, educação, saúde, saneamento básico, energia e desburocratização, que melhoram os índices e garantem condições para investimentos e geração de empregos.

“Nossa cidade está no caminho certo; temos 18 loteamentos em andamento. Vamos entregar 5 mil casas populares. Em cada canto da cidade que se vá tem uma obra da Prefeitura. Somos destaque na mídia nacional. Dourados encontrou o seu rumo”, afirma Murilo.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions