ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, QUARTA  12    CAMPO GRANDE 23º

Interior

Envolvido em roubo de carga de placas solares em MS é preso no Pará

Bandido faz parte de organização criminosa presente em vários estados e foi localizado em Paragominas

Por Helio de Freitas, de Dourados | 26/04/2024 14:56
Policiais com acusado em frente à delegacia de Paragominas, onde homem foi localizado (Foto: Divulgação)
Policiais com acusado em frente à delegacia de Paragominas, onde homem foi localizado (Foto: Divulgação)

Acusado de envolvimento no desvio de carga de placas solares avaliada em R$ 600 mil, em agosto de 2023 em Mato Grosso do Sul, foi preso nesta quinta-feira (25) em Paragominas, cidade paraense a 291 km da capital Belém.

Segundo a Polícia Civil, o motorista de caminhão, que não teve a identidade revelada, é integrante de organização criminosa com atuação em vários estados brasileiros, responsável por roubo de cargas de alto valor.

As placas solares desviadas no ano passado pertenciam a uma empresa de Dourados, a 251 km de Campo Grande. A investigação foi conduzida pela 2ª Delegacia de Polícia da cidade, que localizou o suspeito no Pará, com apoio de policiais daquele estado. Ele estava com prisão decretada pela Justiça.

De acordo com a investigação, a organização se infiltrava em empresas transportadoras de cargas e negociava fretes de equipamentos eletrônicos, normalmente de alto valor.

Após sair do local de origem, o motorista sumia e, somente alguns dias depois voltava a fazer contato, alegando que havia sido roubado e a carga subtraída.

Em agosto do ano passado, o motorista preso ontem foi contratado para trazer as placas solares de Curitiba (PR) para Dourados, mas a carga desapareceu no caminho. Dias depois, o homem apareceu e alegou ter sido assaltado na região de Naviraí e libertado no Tocantins.

A Polícia Civil passou a investigar o caso e descobriu que o motorista fazia parte da organização responsável por vários outros crimes semelhantes no território nacional. Outro integrante já havia sido preso em São Paulo há alguns meses, por envolvimento com o tráfico de drogas.

Conforme a 2ª DP, a partir de agora, a investigação terá prosseguimento na análise de informações coletadas e na tentativa de identificar outros envolvidos e mais vítimas.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias