A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

23/12/2016 17:44

Filha de 28 anos é 2ª vítima de acidente com caminhonete e carreta

Rafael Ribeiro
Bernadete e a filha, Daniele, passariam o Natal no interior (Foto: Reprodução/Facebook)Bernadete e a filha, Daniele, passariam o Natal no interior (Foto: Reprodução/Facebook)

Morreu na tarde desta sexta-feira (23) a segunda vítima de acidente na BR-163. A mulher de 28 anos também estava na caminhonete S-10 branca que colidiu com uma carreta na altura do quilômetro 507, por volta das 12h35. 

Daniele Caroline Gregio, é filha de Bernardete Maria Andreazza Gregio, 56, que já morreu na hora do acidente. O pai, de 46, segue internado na Santa Casa de Campo Grande. Segundo a assessoria do hospital, ele apresenta lesões no tórax, passou por procedimentos cirúrgicos e tem estado estável.

O acidente ocorreu na divisa de Campo Grande com Jaraguari. A caminhonete seguia sentido Cuiabá, perdeu o controle por conta da chuva e bateu na carreta, que vinha carregada de milho no sentido contrário. O caminhoneiro não sofreu ferimentos.


Segundo a polícia, a família viajava para Rio Verde (a 207 km de Campo Grande), onde passaria as festas de final de ano com familiares em uma fazenda.


Por conta do ocorrido, o trânsito na BR-163 ficou extremamente prejudicado. A Polícia Federal Rodoviária e a CCR-MS, concessionária da via, implantaram o sistema de pare e siga por cerca de um quilômetro. Ou seja, quando um sentido ia, o outro parava esperando, alternando-se em períodos.


Com isso, o congestionamento na via atingiu picos de até nove quilômetros. Segundo relatos de usuários, a espera para poder seguir viagem em qualquer um dos sentidos podia chegar a até 40 minutos.


Segundo a CCR-MS, ambos os sentidos já apresentavam tráfego livre cerca de 20 minutos depois que o trabalho da perícia foi finalizado e ambos os veículos foram retirados da pista, normalizando o fluxo, por volta das 17h.

Família viajava para Rio Verde quando o pai, que dirigia, perdeu o controle do veículo por conta da chuva (Foto: Rafael Ribeiro)Família viajava para Rio Verde quando o pai, que dirigia, perdeu o controle do veículo por conta da chuva (Foto: Rafael Ribeiro)


É um absurdo a quantidade de gente que morre nessa rodovia,
principalmente nesse trecho entre Campo Grande e Rio Verde,
e principalmente proximo a Jaraguari.
A CCR já está ai ha mais de dois anos e cade a duplicacao de
Pista ?
Enquanto não duplicar mais pessoas vao continuar morrendo,
porque o trecho tem muito transito, principalmente de Caminhões.

 
Reinaldo Paes Sandim em 24/12/2016 10:24:39
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions