A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 26 de Maio de 2018

05/02/2018 08:20

Gaeco investiga contratação irregular de professores em Dourados

Helio de Freitas, de Dourados
Policial do Gaeco chega à sede da Secretaria de Educação de Dourados (Foto: Adilson Domingos)Policial do Gaeco chega à sede da Secretaria de Educação de Dourados (Foto: Adilson Domingos)

O Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado) iniciou na manhã de hoje (5) a Operação Volta às Aulas para investigar contratações irregulares de professores temporários pela prefeitura de Dourados, cidade a 233 km de Campo Grande.

Mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos na Secretaria de Educação, que funciona atualmente no Pavilhão de Eventos Dom Teodardo Leitz, e na Secretaria de Administração, que fica no Centro Administrativo Municipal, ambos na Rua Coronel Ponciano.

De acordo com a assessoria do Ministério Público, a investigação conduzida pela 16ª Promotoria de Justiça de Dourados apura a contratação ilegal de professores temporários para a Rede Municipal de Ensino, em detrimento a professores já aprovados em concurso público.

Desde o ano passado a atual administração enfrenta críticas do Simted (Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação) por irregularidade na contratação de professores temporários. No ano passado a prefeitura fez um acordo na Justiça para demitir 300 temporários e convocar professores concursados. (Colaborou Adilson Domingos)



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions