A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

03/11/2015 10:03

Homem pega cocaína “consignada”, é preso e fica com dívida de R$ 40 mil

O paranaense de 31 anos foi preso quando tentava deixar MS com a droga em um Gol; para despistar, viajava com a mulher e a filha

Helio de Freitas, de Dourados
Tabletes de cocaína estavam escondidos no forro dos bancos de carro conduzido por paranaense (Foto: Divulgação)Tabletes de cocaína estavam escondidos no forro dos bancos de carro conduzido por paranaense (Foto: Divulgação)
Pacote de salgadinho escondia tablete com 600 gramas de cocaína (Foto: Divulgação)Pacote de salgadinho escondia tablete com 600 gramas de cocaína (Foto: Divulgação)

Adilson da Silva Pinto, 37 anos, morador em Paranavaí (PR), pegou 5,2 quilos de cocaína consignada de um traficante de Capitán Bado, no Paraguai, para vender no Paraná, mas foi preso pelo DOF (Departamento de Operações de Fronteira). Agora, além de ter de cumprir uma pena de até 15 anos por tráfico internacional, ficou com uma dívida de R$ 40 mil com o fornecedor.

A prisão de Adilson ocorreu sábado, na região de Amambai, a 360 km de Campo Grande, mas só foi divulgada nesta terça-feira pelo serviço de comunicação do DOF. O paranaense viajava em um Gol prata, com placa de Paranavaí e foi abordado por volta de 18h na MS-289.

Para tentar despistar a polícia, Adilson viajava com a mulher e a filha, menor de idade. entretanto, durante vistoria no carro os policiais encontraram os tabletes de cocaína escondidos no forro dos bancos.

Ele disse que pegou a droga de um homem conhecido como “Tucano”, em Capitán Bado, cidade separada de Coronel Sapucaia apenas por uma rua. Adilson pretendia vender a cocaína em Cianorte (PR) e depois pagar o fornecedor. O paranaense foi levado para a Polícia Civil de Amambai e autuado em flagrante por tráfico. A mulher foi liberada.

Droga com salgadinho – No município de Corumbá, policiais do DOF prenderam na noite desta segunda-feira (2) Emanoeli Caroline Silva Pinto, 21, moradora em Cassilândia, que carregava 600 gramas de cocaína. O pacote de droga estava em uma embalagem de salgadinho Elma Chips.

A prisão ocorreu durante bloqueio policial na BR-262, no posto fiscal Lampião Aceso. Emanoeli viajava em um ônibus que liga Corumbá a Campo Grande. Ela contou aos policiais que pegou carona com caminhoneiros de Cassilândia até Corumbá, onde comprou a cocaína por R$ 1 mil para vender em sua cidade. A mulher foi levada para a delegacia de Corumbá e autuada por tráfico.

Homem morre afogado enquanto nadava em rio dentro de balneário
Um homem de 51 anos morreu na tarde deste domingo (17) em Bodoquena - município localizado a 266 km de Campo Grande. Ele se afogou no rio Salobra, qu...
Jovem perde controle de direção em curva e morre na MS-162
Marlon Alexandre Silva de Oliveira, 24 anos, morreu em acidente de trânsito, na madrugada deste domingo (17), na MS-162, em Maracaju, distante 160 qu...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions