A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 28 de Março de 2017

01/09/2013 12:40

Homem que atropelou e matou policial é identificado, mas ainda não foi preso

Elverson Cardozo

O responsável por atropelar e matar o policial militar ambiental José Rodrigues de Lima, de 47 anos, durante operação às margens do Rio Paraná, em Itaquiraí, na noite deste sábado (30), já foi identificado e vai responder por homicídio.

Ele não teve a identidade revelada para não atrapalhar as investigações. Segundo informações divulgadas pela assessoria de imprensa da PMA (Polícia Militar Ambiental), o criminoso seria o responsável pelo transporte do cigarro contrabandeado que chegaria do Paraguai, às margens do rio, onde os policiais estavam fiscalizando.

Embora tenha sido identificado, o autor ainda não foi detido. Não se sabe, ainda, se ele é morador de Mato Grosso do Sul. O corpo do policial morto em serviço será enterrado hoje, em Naviraí, a 366 quilômetros de Campo Grande.

Entenda o caso – José Rodrigues de Lima participava de uma operação contra pesca predatória, na divisa do Paraná e em municípios da região sul do Estado. A ação contava com policiais de Mundo Novo, Naviraí e Dourados.

No sábado, às 19h, José e outros três colegas que estavam em fiscalização perto do assentamento Sul Bonito, perceberam duas lanchas e um Jet Ski se aproximando. Os militares desceram na barranca do rio Paraná, por segurança e para averigar a situação, porque desconfiaram que pudessem ser contrabandistas.

Eles localizaram um homem em uma motocicleta. O indivíduo, técnico agropecuário, estava com um rádio de comunicação e, em entrevista, informou que era “batedor” de um carregamento de cigarros que viria do Paraguai.

Enquanto conversavam com o suspeito, policiais ouviram um tiro nas proximidades. Dois dos quatro militares presentes saíram para averiguar o fato. Neste momento, uma camionete prata, que estava em uma estrada, foi vista por José Rodrigues.

O policial foi abordar o motorista, mas o condutor “jogou” o veículo em cima dele, atropelando-o e o matando. O veículo foi abandonado logo em frente, com um rádio comunicador dentro. O condutor, neste dia, conseguiu fugir.

Além do rapaz que estava na motocicleta, um auxiliar de escritório, que também estava envolvido com o contrabando, foi preso. Os dois foram conduzidos, juntamente com os veículos apreendidos, à Polícia Federal de Naviraí.

Policial militar morre depois de ser atropelado de propósito em Itaquiraí
Um policial militar ambiental, que atuava no município de Mundo Novo, morreu na noite de ontem (30) depois de ser atropelado em Itaquiraí, a 410 km d...
Após resgate de afogado, bombeiro agora salva criança por telefone
Uma chamada pelo 193, uma mãe desesperada em busca de ajuda para o filho e mais um salvamento bem sucedido para o Corpo de Bombeiros. A rotina de mui...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions