A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

20/05/2016 17:40

Imposto sobre energia elétrica de avicultores cairá de 17% para 2%

Priscilla Peres e Helio de Freitas, de Dourados
Reinaldo cumpriu agenda nesta tarde e agora segue para a Expoagro. (Foto: Eliel OIliveira)Reinaldo cumpriu agenda nesta tarde e agora segue para a Expoagro. (Foto: Eliel OIliveira)

Avicultores de Mato Grosso do Sul terão redução considerável nas contas de energia. Para incentivar o setor, o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) assina hoje um decreto em que reduz o ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) da energia elétrica para os produtores dos atuais 17% para 2%.

Reinaldo chegou a Dourados - distante 233km de Campo Grande, nesta tarde para inaugurar a coordenadoria de educação e participar da 52° edição da Expoagro (Exposição Agropecuária de Dourados), onde assina a criação dos incentivos, a partir das 19h.

Durante a primeira agenda, ele adiantou que irá diminuir o ICMS da energia elétrica para todos os aviários, reduzindo o percentual de imposto de 17% para 2%. A medida também vale para o setor de irrigação, que terá o índice de cobrança reduzido dos atuais 17% para 5%.

"São dois segmentos muito fortes na região de Dourados e que terão incentivo fiscal para aumentar o número de integrados. A irrigação é importante por que ela possibilita habilidade produtiva, não haverá mais problemas com seca", destacou Reinaldo.

O governador aproveitou para dizer que o Estado está conseguindo avançar mesmo na época de crise. "Não está sendo fácil ser prefeito governador e nem presidente da república no Brasil mas estamos conseguindo avançar com trabalho e organização da gestão pública".



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions