A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019

23/08/2019 10:21

Incêndio atinge 350 hectares de fazendas e mata 35 jacarés

Carcaças de jacarés de vida livre foram encontradas durante combate às chamas; hipótese é que tenha sido provocado

Silvia Frias
Animais foram encontrados mortos dentro e no entorno das propriedades rurais (Foto/Divulgação: Caimasul)Animais foram encontrados mortos dentro e no entorno das propriedades rurais (Foto/Divulgação: Caimasul)

Além do tempo seco, a tentativa de queima controlada também provoca incêndios que atingem propriedades rurais em Corumbá, a 419 quilômetros de Campo Grande. Em uma dessas áreas, há relato de que pelo menos 35 jacarés morreram queimados.

A Caimasul do Sul do Pantanal Importação e Exportação, empresa de criação comercial de jacarés em cativeiro, postou foto em redes sociais da carcaça de um animal em área queimada, denunciando que teria sido decorrente de incêndio criminoso, que atingiu propriedades na região, na BR-262, na zona rural de Corumbá.

Chamas começaram no domingo e atingiram 350 hectares (Foto/Divulgação: Caimasul)Chamas começaram no domingo e atingiram 350 hectares (Foto/Divulgação: Caimasul)
Fogo se aproximou das instalações da empresa (Foto/Divulgação: Caimasul)Fogo se aproximou das instalações da empresa (Foto/Divulgação: Caimasul)

O gerente operacional da Caimasul, Weber Girardi, explica que os jacarés mortos não fazem parte do criadouro da empresa. “Esses que morreram são jacarés de vida livre, estavam no entorno tentaram fugir para nossa área, mas morreram no caminho”, explicou. Segundo ele, os animais queriam chegar a grande lagoa dentro da propriedade.

O fogo teria começado por conta de tentativa de queima controlada feita no último domingo e fugiu do controle. Girardi calcula que o incêndio atingiu 350 hectares do entorno, fora da área de propriedade da empresa. Dentro, foram atingidos 86 dos 152. As chamas chegaram a 50 metros de distância da área destinada à reprodução dos animais.

Deste que o fogo começou, a equipe formada por seis brigadistas da empresa iniciou combate às chamas, contando com ajuda do PrevFogo e de caminhão-pipa cedido pela Vale.

Agora, Girardi disse que a incêndio foi controlado, mas deixou rastro de destruição pelo caminho, atingido área de outras três fazendas. Os animais de vida livre que foram encontrados vivos foram levados para a lagoa. "Estavam muito debilitados, não conseguiram chegar lá". Os 75 mil jacarés que vivem em cativeiro na propriedade não foram atingidos.

A origem do fogo será apurada pela equipe do Ibama (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais e Renováveis).

Fogo começou no domingo e atingiu três fazendas (Foto/Divulgação: Caimasul)Fogo começou no domingo e atingiu três fazendas (Foto/Divulgação: Caimasul)
Vários animais foram encontrados mortos (Foto/Divulgação: Caimasul)Vários animais foram encontrados mortos (Foto/Divulgação: Caimasul)
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions