A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 17 de Agosto de 2019

17/12/2018 20:54

Justiça mantém preso vereador que fugiu bêbado após agredir mulher

Vereador foi autuado em flagrante por violência doméstica, desobediência, contravenção por direção perigosa e embriaguez

Adriano Fernandes

Segue preso em Bodoquena o vereador Rodirlei Lisboa (PSB), conhecido como “Kito” e que foi preso na noite de sexta-feira (14) em Miranda - cidade a 208 quilômetros de Campo Grande-, depois de agredir a mulher, de 29 anos, e a enteada, de 14 anos.

O mandado de prisão preventiva foi expedido pela Justiça do município, durante o final de semana. Kito havia sido preso em flagrante por violência doméstica, desobediência, contravenção por direção perigosa e embriaguez.

O caso - As vítimas procuraram a delegacia logo após sofrerem as agressões, que teriam ocorrido durante uma discussão a respeito de um possível caso que Rodirlei teria com uma adolescente. Ao ser atacada pelo vereador a mulher teve diversas escoriações pelo corpo, principalmente nos lábios e rosto, mas também nas mãos, costas, braços e joelhos.

Já a adolescente ficou ferida ao tentar impedir que o homem continuasse batendo na mãe. Após a denúncia o delegado da cidade, investigador e dois policiais militares saíram em busca do vereador, até o encontrarem parado com o veículo.

Ao notar a chegada dos policiais, no entanto, ele tentou fugir pelo Centro da cidade, colocando em risco pedestres e outros condutores até chegar em sua residência. No local, os policiais ainda tiveram que arrombar a porta do imóvel para conseguirem deter o suspeito.

Na delegacia o vereador admitiu que estava bêbado e um teste de bafômetro também atestou embriaguez. Ele foi autuado em flagrante, mas como a delegacia de Miranda está em reformas, Rodirlei Lisboa foi encaminhado para a unidade policial de Bodoquena.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions