ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, SEGUNDA  17    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Justiça quer hospital de Três Lagoas com cirurgias neurológicas em 6 meses

Poder público estadual e municipal terão que custear o que for necessário para isso

Por Cassia Modena | 26/04/2024 08:02
Fachada do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, que fica em Três Lagoas (Foto: Divulgação/Hospital)
Fachada do Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, que fica em Três Lagoas (Foto: Divulgação/Hospital)

A Justiça Estadual decidiu que a Prefeitura de Três Lagoas e o Governo de Mato Grosso do Sul terão que providenciar o que for necessário para o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora, localizado na cidade do interior do Estado, começar a oferecer cirurgias neurológicas em, no máximo, seis meses.

A decisão tem caráter liminar e foi conseguida pelo MPMS (Ministério Público Estadual), que investiga a necessidade do serviço desde 2018.

Segundo o órgão apurou há seis anos, e continuou acompanhando, a demanda por esse tipo de procedimento é grande em Três Lagoas, ainda mais considerando que pacientes de municípios próximos (Água Clara, Aparecida do Taboado, Bataguassu, Brasilândia, Cassilândia, Inocência, Paranaíba, Santa Rita do Pardo e Selvíria) são encaminhados para serem atendidos no Hospital Nossa Senhora Auxiliadora.

Estudo apresentado pela própria instituição de saúde também em 2018 mostrou que a quantidade de atendimentos neurológicos em Três Lagoas chegava a ser maior do que em Campo Grande e municípios próximos da Capital.

Falta estruturar - Durante as investigações, o MPMS verificou que o Hospital Nossa Senhora Auxiliadora já é habilitado para a neurologia clínica e pode fazer atendimento em casos de AVC (Acidente Vascular Cerebral) tipo 1, no entanto, ainda não possui habilitação para neurocirurgia e atendimento do AVC tipo 2 junto ao Ministério da Saúde porque falta estruturar a unidade com equipamentos para exames, principalmente.

Assim, atualmente, os pacientes que precisam fazer neurocirurgias emergenciais são levados para hospitais de Campo Grande. "Em diversos casos, há necessidade de transferência de pacientes em situações delicadas para a capital do Estado, o que aumenta consideravelmente o risco de fatalidades ou danos irreversíveis", destacou o MPMS.

Hospital Regional - Três Lagoas possui outro hospital que oferece atendimento neurológico pelo SUS (Sistema Único de Saúde), o Hospital Regional da Costa Leste Magid Thomé.

Em consulta a informações disponibilizadas pelo Instituto Acqua, organização que gerencia o hospital, a neurocirurgia também não consta como serviço disponível.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias