ACOMPANHE-NOS    
MAIO, DOMINGO  22    CAMPO GRANDE 14º

Interior

Mais um município endurece regras e determina toque de recolher a partir das 12h

Aos sábados, domingos, feriados e pontos facultativos, também foi vedada a circulação de pessoas

Por Adriano Fernandes | 29/05/2021 18:57
Vista aérea de Porto Murtinho. (Foto: Portal do Governo de MS)
Vista aérea de Porto Murtinho. (Foto: Portal do Governo de MS)

A prefeitura de Porto Murtinho, a 431 quilômetros de Campo Grande endureceu as medidas restritivas na cidade para tentar conter a circulação de pessoas, principalmente, durante a semana do feriado de Corpus Christi. Até o próximo dia 08 de junho o toque de recolher na cidade será das 12h às 5h.

Aos sábados, domingos, feriados e pontos facultativos, foi vedada a circulação de pessoas e de veículos durante todo o dia ou noite. Também está proibida a venda de bebidas alcoólicas nestes dias. Tais medidas ja se aplicam ao feriado da próxima quinta-feira (03), e o ponto facultativo na sexta-feira (04).

O município também vai instalar barreira sanitária na região da rotatória do Vicari durante a manhã e tarde. No comércio, ainda conforme o documento, será permitido somente o funcionamento via delivery dos serviços de alimentação (restaurantes, padarias, etc), gás de cozinha, água potável, medicamentos, mercados e congêneres.

Pousadas e hotéis devem permanecer fechados, exceto para recebr mensalistas, ou ainda, viajantes (vendedores, etc) que vêm até a cidade para abastecer o comércio local, como por exemplo os motoristas de caminhões de gêneros alimentícios. A entrada destes hóspedes fica condicionada à obrigatoriedade de apresentação de resultado negativo do teste rápido (antígeno), com prazo máximo de 72h.

As igrejas, academias, escolas particulares, autoescolas e salões de beleza e espaços de estética também deverão ser mantidos fechados neste período. Fica proibida a realização de festas, comemorações, aniversários e outros eventos, inclusive os que tenham música ao vivo, ou qualquer evento que possa aglomerar pessoas.

As restrições só não se aplicam a circulação de pessoas e de veículos que atuam em serviços públicos indispensáveis, aos serviços de saúde, aos transportes intermunicipais, abastecimento de veículos e borracharias. As novas medidas constam em decreto que foi publicado neste sábado (29) e já estão em vigor.



Nos siga no Google Notícias