A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

14/03/2016 15:58

Prefeito do PT compartilha ameaça de guerra civil, mas apaga postagem

Humberto Amaducci compartilhou imagem divulgada pelo perfil “Petistas do Coração”, ameaçando reação em caso de impeachment da presidente Dilma; “Se houver golpe, pessoas morrerão”

Helio de Freitas, de Dourados
Postagem compartilhada no Facebook de prefeito de Mundo Novo e depois tirada do ar (Foto: Reprodução)Postagem compartilhada no Facebook de prefeito de Mundo Novo e depois tirada do ar (Foto: Reprodução)
Ameaça de reação com guerra civil foi compartilhada em página de prefeito na rede social (Foto: Reprodução)Ameaça de reação com guerra civil foi compartilhada em página de prefeito na rede social (Foto: Reprodução)

Uma imagem com fundo preto, ameaçando guerra civil no Brasil em caso de impeachment da presidente Dilma Rousseff, publicada pelo perfil “Petistas de Coração”, foi compartilhada pelo prefeito de Mundo Novo, Humberto Amaducci (PT) e causou polêmica no Facebook.

A postagem já foi retirada no ar, mas vários comentários foram feitos por outros internautas. O petista chegou a responder a um dos comentários para justificar o motivo de ter apagado a postagem.

“Se houver golpe, não existirá órgão ou instituição, ou pessoa que vá conseguir governar esse país. Se houver golpe, não haverá polícia, justiça ou ordem. Se houver golpe, nenhum cidadão estará seguro em sua casa. Se houver golpe, pessoas morrerão. Se houver golpe, será decretada GUERRA CIVIL. Você está preparado para isso”, diz o post compartilhado pelo prefeito da cidade localizada a 476 km de Campo Grande.

Mesmo excluindo a postagem, Amaducci não evitou as críticas através de comentários na própria página do Facebook.

“Ainda bem que existe a opção print no celular. Que feio isso senhor prefeito Humberto Amaducci, uma conversa entre cavalheiros. Isto não pode ser apagado assim do nada. Para minha pessoa foi de grande proveito. Tudo isso só prova que não saber receber críticas sempre será o forte do PT”, escreveu Emerson Balbino Alves.

Amaducci respondeu: “Meu amigo, fique de boa. Não retirei a postagem por vc...rsrs...pois pau mandado não me assusta.....retirei por respeito a uma pessoa que tenho consideração....abraço”.

Emerson Balbino Alves rebateu a reposta: “Calma senhor prefeito, não sou pau mandado, não tenho partido, mas uma coisa é certa: jamais votaria no teu. Só me resta agradecer a essa pessoa que o senhor considera. Obrigado por existir pessoa que senhor prefeito considera tanto”.

O Campo Grande News tentou falar com o prefeito, mas seu celular estava desligado e ele não foi encontrado na prefeitura.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions