ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
MARÇO, SEGUNDA  04    CAMPO GRANDE 25º

Interior

Prefeitura garante reajuste salarial de professores e administrativos

De acordo com o sindicato, ofício foi enviado à Câmara e protocolado nesta quinta-feira (26)

Por Gustavo Bonotto | 26/10/2023 14:29
Presidente do Simted, Gabriel Omar da Matta Postigliatti, durante assembleia. (Foto: Reprodução)
Presidente do Simted, Gabriel Omar da Matta Postigliatti, durante assembleia. (Foto: Reprodução)

Após três dias de paralisação, o Simted (Sindicato Municipal de Trabalhadores em Educação) de Corumbá anunciou, na tarde desta quinta-feira (26), que a administração municipal enviou para a Câmara o ofício relativo ao reajuste salarial do magistério.

Segundo o presidente do sindicato, Gabriel Omar da Matta Postigliatti, a prefeitura apresentou a proposta de reajuste a partir de janeiro de 2024, com a incorporação do abono de 4,18% que já recebem, mesmo reajuste diante a inflação que também ocorreria em maio de 2025 e maio de 2026. Com a decisão, a classe recuou sobre a greve anunciada para a próxima semana.

"Recebemos a pouco o ofício que estávamos aguardando, confirmando o envio do reajuste do magistério. Tivemos o retorno sobre o documento, e também o envio do texto que ressalta o compromisso da prefeitura com os planos de cargo e de carreira dos administrativos da educação", disse à reportagem.

Sobre os técnicos administrativos, o estudo tem até o dia 24 de novembro para ser analisado. Após isso, a proposta seguirá para o Executivo. "[...] para que esse tempo esteja dentro do prazo para envio e que seja implementado em 2024. Nossas demandas foram atendidas", finalizou Gabriel.

Conforme noticiado, 15 instituições aderiram totalmente à mobilização e 15 de maneira parcial na segunda-feira (23). Questionada pelo Campo Grande News, a Semed (Secretaria Municipal de Educação) ressaltou que que quem optar pela paralisação deve informar a data da reposição destes dias de trabalho.

Receba as principais notícias do Estado pelo celular. Clique aqui para entrar no canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias