ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
JUNHO, TERÇA  25    CAMPO GRANDE 22º

Interior

Saveiro pegou fogo após bater em Fiat Uno tombado no meio da pista

Duas mulheres saíram do carro antes da colisão e fugiram; mulher que tentava ajudar ficou ferida

Por Helio de Freitas, de Dourados | 14/05/2024 17:14
Uno foi dividido ao meio ao ser atingido pela Saveiro; carro estava capotado na estrada (Foto: Divulgação)
Uno foi dividido ao meio ao ser atingido pela Saveiro; carro estava capotado na estrada (Foto: Divulgação)

O acidente com um morto e dois feridos, ocorrido na madrugada desta terça-feira (14) na BR-463, foi causado pelo Fiat Uno tombado no meio da pista. A picape Saveiro, que seguia de Dourados para Ponta Porã, bateu no carro, saiu da estrada e pegou fogo.

Homem, até agora não identificado oficialmente, ficou preso entre as ferragens da picape e morreu carbonizado. O condutor, Luiz Carlos dos Santos, sofreu ferimentos graves e foi levado para o Hospital Regional de Ponta Porã.

Segundo o site Perfil News, de Três Lagoas, o homem morto carbonizado seria Leandro da Mota Brognaro, morador em Brasilândia. Entretanto, até agora o corpo segue sem reconhecimento oficial.

Além do condutor da Saveiro, uma mulher que passava pelo local no momento do acidente também ficou gravemente ferida e foi levada para o hospital de Ponta Porã. Segundo a PRF (Polícia Rodoviária Federal), ela teria parado para prestar socorro às vítimas do primeiro acidente. As circunstâncias dos ferimentos dela não foram esclarecidas.

A condutora e a passageira do Fiat Uno saíram do carro após o tombamento na pista e não foram atingidas pela Saveiro. Elas fugiram do local e ainda não foram identificadas.

Segundo informações preliminares apuradas pelos policiais rodoviários federais, as duas seguiam no sentido Ponta Porã-Dourados quando, por motivos desconhecidos, o carro tombou.

Elas saíram do veículo para procurar ajuda, momento em que a Saveiro, seguindo no sentido contrário, bateu no Uno. O carro ficou dividido ao meio. A Saveiro saiu da pista e ficou com as rodas para cima. O condutor foi retirado, mas o outro homem, preso entre as ferragens, morreu carbonizado.

Ainda segundo o site de Três Lagoas, Leandro trabalhava como caminhoneiro e nos períodos vagos buscava produtos importados em Pedro Juan Caballero para revender em Brasilândia. O amigo dele, Luiz Carlos dos Santos, morava no interior paulista.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News e siga nossas redes sociais.

Nos siga no Google Notícias