ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, DOMINGO  19    CAMPO GRANDE 26º

Interior

Sem repasse da União, casa de acolhimento pede doações para se manter

Por Ricardo Campos Jr. | 20/01/2017 14:41
Lar colocou representantes pedindo dinheiro de porta em porta em Dourados (Foto: divulgação)
Lar colocou representantes pedindo dinheiro de porta em porta em Dourados (Foto: divulgação)

O Lar Ebenezer Hilda Maria Correa em Dourados, a 233 quilômetros de Campo Grande, está precisando urgentemente de doações para manter suas atividades. A entidade, que está passando por sérios problemas financeiros, acolhe meninas em situação de abandono ou risco e atualmente abriga 16 jovens.

Segundo a instituição, o repasse mensal de R$ 9 mil do Governo Federal esta atrasado. Para piorar a situação, a renda oriunda das doações via telemarketing caiu drasticamente, já que a maioria das pessoas que ajudam está de férias, de modo que até mesmo o salário de janeiro dos funcionários está prejudicado.

Para tentar reverter a situação, a diretoria decidiu colocar a venda a van usada para o transporte das meninas para tentar saldar as dívidas e colocou representantes batendo de porta em porta do comércio douradense pedindo ajuda.

Quem quiser ajudar com qualquer quantia pode entrar em contato pelos telefones 3421-0103, 3425-0263 ou 99201-7277.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário