A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

15/01/2012 12:43

Internado desde o mês passado, juiz Danilo Burin morre aos 63 anos no RS

Fabiano Arruda
Magistrado teve complicações após um AVC sofrido no mês passado. (Foto: Simão Nogueira)Magistrado teve complicações após um AVC sofrido no mês passado. (Foto: Simão Nogueira)

O juiz Danilo Burin, 63 anos, morreu ontem à noite na cidade de Santa Cruz do Sul (RS), onde estava internado desde o mês passado.

Segundo informações do TJ/MS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), o corpo será velado na cidade neste domingo e será cremado entre hoje e amanhã.

O estado de saúde de Burin teve complicações nos últimos dias. Conforme informações da família, ele estava na UTI (Unidade de Terapia Intensiva) e reagia bem ao tratamento, mas faleceu em função de uma parada cardíaca, ocorrida em função de uma piora no quadro pulmonar e infecção generalizada. Antes ele já havia sofrido um infarto e reagiu bem após a cirurgia, mas teve que retornar à UTI, vindo a falecer em razão de nova parada cardíaca.

O magistrado, que estava aposentado desde julho do ano passado, dedicou-se nos últimos nove anos no restabelecimento de jovens infratores por meio de medidas socioeducativas de internação dos adolescentes.

A juíza Katy Braun do Prado, titular da Vara da Infância, da Juventude e do Idoso da capital, reconheceu, publicamente, a dedicação de Danilo Burin na magistratura.

"Ele nunca perdeu a capacidade de se indignar com a injustiça e, na atuação na vara da infância e juventude, foi um referencial para os adolescentes que julgou".

"Seus cabelos brancos facilitavam a internalização da figura de autoridade, pois quase sempre lidava com adolescentes criados sem limites, representava também o compromisso de um pai amoroso com o desenvolvimento sócio-educativo dos seus ‘meninos’. Muitos deles voltaram para compartilhar a alegria da conclusão de um curso, da conquista do primeiro emprego, de um casamento, do nascimento de um filho”, definiu a magistrada à época da aposentadoria do juiz.

Trajetória - Danilo Burin nasceu em Sobradinho (RS) e ingressou na magistratura sul-mato-grossense em 1988. No ano seguinte, foi promovido para juiz de 1ª entrância e assumiu as funções na Comarca do município de Nioaque.

Em dezembro de 1995 foi novamente promovido e passou a atuar como juiz de 2ª entrância e assumiu a 2ª Vara Cível da Comarca de Naviraí.

Em 2002, foi promovido a juiz de entrância especial e se tornou titular da Vara da Infância e Juventude da Capital.

Foi representante de Mato Grosso do Sul no Fonajuv (Fórum Nacional de Justiça Juvenil) criado em 8 de agosto de 2008, grupo que se reunia em encontros regionais para intercâmbio sobre adolescentes infratores e a realidade de cada região.

Coordenou os trabalhos da Justiça Restaurativa, implantando no Estado em julho do ano passado. Atualmente era membro da diretoria da Abraminj (Associação dos Magistrados da Infância e Juventude do Brasil). (Com informações do TJ/MS)

Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...


Eu sou muito grata ao Dr. Danilo,pois passei por sérios problemas com meu filho na época adolescente. recorri até ele e me ajudou de uma maneira que jamais pensei. Hoje meu filho com 21 anos é um homem de bem, e trabalha no Forúm de Campo Grande. Obrigado, lamento muito a sua perca pois pra mim pessoas como ele não deveria morrer nunca. Mas a vida é assim ingrata. OBRIGADO!!
 
IRACEMA SILVA DE NEGREIROS em 21/01/2012 08:11:44
Dr. Danilo vai deixar saudades a todos . Aos familiares, que Deus os conforte Milton, Dil, Kelly e Junior.
 
Eladyr Ferreira da Costa Silva em 16/01/2012 10:31:23
Dr. Danilo Burin deixará saudades na cidade de Sidrolândia-MS, onde exerceu atividade como advogado no início da década de 80. Deus lhe dê o descanso eterno.
 
Adm. Mario Arruda em 16/01/2012 10:04:20
Uma pessoa maravilhossa, católico atuante, dava junto com a sua esposa ótimas palestra para casais e jovens, A FAMILÍA OVISA E JOVISA de Campo Grande amanhece triste em nossa cidade e pedindo que Deus receba este homem que ajudou a muitos, e que sua família seja confortada por Nossa Senhora.
 
Karla Penna em 16/01/2012 09:33:33
Honradez e ombridade eram com ele mesmo. Que Deus o receba e abençoe os familiares que ficaram.
 
Marcus Vinicius de Oliveira Elias em 16/01/2012 08:38:18
A equipe de colaboradores, amigos e conselheiros do Cedca/MS demonstra seu pesar pela perda de nosso magistrado Danilo Burin.

Dr. Danilo era conhecido por sua dedicação ao Direito Absoluto da Criança e do Adolescente, por sua luta infindável pela manutenção deste Direito e por seu apreço a este Estado.

Nós conselheiros do Cedca expressamos nossas condolências à família de Danilo Burin.
 
Rodrigo Ostemberg em 16/01/2012 08:11:57
Adeus amigo!!!!!! Jamais esqueceremos dos bons momentos que passamos juntos na pastoral familiar de Navirai, nas rodas de chimarrão, nos churrascos acompanhados de um bom vinho, das horas e horas que conversamos sobre os problemas nossos, das nossas famílias, da nossa sociedade, enfim....de como deveríamos agir perante tantos obstáculos de forma a vencê-los e ainda dar exemplos aos nossos filhos.
 
Paulo Airton Pientka em 16/01/2012 07:56:39
Com muita honra tive o prazer de substituir o Dr. Danilo na Vara da Infância e juventude. Agora, com muito pesar, soube de sua repentina morte. Que Deus o tenha em um bom lugar e que ele, lá dos céus, continue, vigilante, olhando pela infância e juventude deste país, sobretudo a mais desvalida e desconsiderada pelos "mesmos demagogos de sempre", que vêm na punição o único instrumento de educação.
 
Roberto Ferreira Filho em 15/01/2012 12:59:22
Certamente grande homem que minha família Fernandes de Melo conheceu, tornou-se também um grande amigo. Companheiro, de reputação ilibada, pai de família exemplar. Conheci ele e sua família em Nioaque... vai fazer muita falta por ser um homem de caráter e deixOU seu nome na historia do MS ... deixo aqui minhas condolências a família.
 
mariel fernandes em 15/01/2012 11:16:41
Que perda!!! é com profunda tristeza que recebo a notícia do nosso grande magistrado, amigo e por sete anos parceiro de trabalho.
A família Proam/Mª Cecília, encontra-se enlutada pela perda desse VALENTE homem, que trabalhou bravamente na vara da infância.
Homem religioso, amigo dos amigos, bom pai e esposo.
Que Deus, dê muita força para dona Marcelina e seus filhos, nesse momento de dor.
 
neyde de oliveira em 15/01/2012 07:59:24
Uma perda irreparável, um homem digno que fará falta à justiça sul-mato-grossense.
 
Ana Ramos em 15/01/2012 07:31:50
Uma perda dolorosa e irreparável para o mundo jurídico.Sua aposentadoria já tinha sido uma grande perda para a Magistratura e para os jurisdicionados Sulmatogrossense.Era um homem de convicções, corajoso e defensor dos valores da família.Tive o prazer de atuar em várias audiências com ele.Condolências a família.
 
Edgar Calixto Paz em 15/01/2012 06:55:13
Tive a alegria e honra de trabalhar para e com o Dr. Danilo. Mais do que meu "chefe", um exemplo a seguir. Amigo presente, profissional dedicado, compromissado e humano. Deixa muitas saudades. Deus o receba em seus braços de amor.
 
Kelly Araujo Holland em 15/01/2012 06:50:20
Estamos profundamente estristecidos. Lagrimas nos olhos. Nosso querido amigo Dr Danilo Burin faleceu. Tivemos o previlegio de sua amizade....Tanto em Nioaque, como em Cpe, muito chimarrao tomamos juntos. Pessoa honesta, integra, familia, religioso, leal, amigo... Lutava por condicoes dignas menores infratores. Que o G.A.U o guarde e de forcas para Marciria e filhos....Grandes amigos...Que pena...
 
Evaldo Correa Chaves esposa Margareth e filhos em 15/01/2012 06:37:32
Acessando o site sou surpreendido com esta noticia triste.
Tive a oportunidade de conhecer o Dr. Danilo Burin, tratava-se de magistrado com fino trato com advogados e inspirado pelo tratamento com menores infratores. Suas decisões e orientações auxiliaram muitos jovens que encontravam-se perdidos a buscar novo rumo.
Meus sentimentos a família, que Deus possa abençoar todos vocês neste momento.
 
Jayme de Magalhães Júnior em 15/01/2012 06:09:24
Dr Danilo, com quem tive o prazer de trabalhar na comarca de Naviraí, na qualidade de comandante da PM local, rogo a Deus que dê todo o consolo à família nesse momento tão difícil.
 
joel martins santos em 15/01/2012 05:19:34
Conheci o magistrado Danilo Burim desde que ingressei nas medidas socioeducativa em 2004.Particularmente o considero um grande magistrado, embora demonstrava algumas fraquesas na hora da aplicaçao das medidas , ficava claro em suas açoes que ele era Humano e agía tambem com o coraçao, quanto ao trabalho irrelevante sou obrigado a discordar do Dr. Agostinho Ramires. Que Deus conforte os familiares
 
Marco Antonio de Oliveira em 15/01/2012 05:02:12
Fica o exemplo de magistrado probo e qualificado. Homem honesto e de impar inteligência. Sua dedicação ao justo o fez magistrado. Sua memória e de suas realizações, são o legado para todos os operadores do direito brasileiro.
 
Luiz Carlos Saldanha Rodrigues Júnior em 15/01/2012 04:41:33
Uma grande perda. Tivemos o privilégio de ter convivido com ele e sua família em Nioaque. Grande companheiro. Que Deus conforte sua família.
 
Carlos Alberto Lima em 15/01/2012 04:24:20
Vai-se um grande homem, um grande julgador e, acima de tudo, um grande homem público. Fica o exemplo, o legado de um homem justo e honesto. Continuará sendo um referencial da justiça na eternidade.
 
Cel Pm Carlos Alberto David dos Santos em 15/01/2012 03:53:58
foi um homem muito honesto,sincero e seguro do que fazia.Onde esteja com a proteção de DDEUS continue olhando para os nossos jovens.Saudades...
 
IZABEL MACHADO em 15/01/2012 03:50:08
Grande companheiro de jornada, que labutou por quase 23 anos na judicatura Sulmatogrossense, sempre com dedicação e denodo. Uma perda irreparável para a sociedade campo grande de, onde atuou o uma década na Vara da Infância e Juventude. Que o GADU o receba nesta nova morada e conforte a sua familia. Jurandir Rodrigues Brito
 
Jurandir Rodrigues Brito em 15/01/2012 03:22:07
Uma das melhores pessoas que conheci! Ensinou a mim e muitos outros colegas jornalistas a aprenderem mais sobre a causa da Infância e Juventude.

Uma perda irreparável!
 
Liziane Berrocal em 15/01/2012 03:03:41
Meus sentimentos a esposa Marciria e aos filhos pela perda de um grande homem. Conheci Dr. Danilo em Sidrolândia, homem dedicado e justo, olhou pela infância e juventude como um pai. Descanse nos braços de Deus e conforto a família. Seu exemplo ficará para sempre!!!
 
Ana Flora Leão em 15/01/2012 02:55:19
Foi exemplo de julgador ante os adolescentes que muitas vezes ia além da investidura do cargo, para atuar como pai, educador, orientador e sempre se indignando diante das adversidads do sistema, como as precárias condições das UNEIS, onde ele sempre brigou por melhores estruturas e condições de reeducação dos internos. Nos deixou cedo, tinha muito a ensinar....
 
DR FABIO VERSOLATO em 15/01/2012 02:55:11
Este foi um homem que deixou sua marca na justiça sul-mato-grossense, grande magistrado defensor das nossas crianças e adolescentes, nosso mentor na implantação da Justiça Restaurativa em Mato Grosso do Sul, seu legado será sempre lembrado, e deixará uma imensa saudade da convivência com sua pessoa sempre forte gentil e determinada, que não se cansava de fazer o que fosse necessário pela justiça, obrigado pelo privilégio de poder ter convivido e aprendido muito com esse ser humano simples mas encantador e exemplo de dedicação ao seu trabalho
 
Cecilia Meire dos Reis em 15/01/2012 02:38:06
As nossas condolências aos familiares e amigos do ilustre e saudoso Danilo Burim, homem honrado e magistrado dedicado, que prestou irrelevantes serviços aos cidadãos de Mato Grosso do Sul. Nos deixa órfãos para entrar na história de Mato Grosso do Sul e com certeza, muitos não esquecerão dos ensinamentos passados.
 
Dr. Agostinho Ramires em 15/01/2012 02:03:54
Excelente magistrado! Vai deixar saudades! À família meus sentimentos.
 
Lincoln Ben Hur em 15/01/2012 01:55:35
Um grande homem, um grande amigo. Justo em suas atitudes. Eu e minha família tivemos o privilégio de ter convivido com a familia dele por duas décadas, maior parte em Nioaque.. Descanse em Pas amigo. Que o Grande Arquiteto do Universo, que é DEUS, conforte teus familiares.
 
anisio alves junior em 15/01/2012 01:32:09
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions