A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/09/2015 10:45

Jornalista relata momentos de horror e susto em terremoto no Chile

Caroline Maldonado
Segundo Diário La Nación, oito pessoas morreram (Foto: La Nación)Segundo Diário La Nación, oito pessoas morreram (Foto: La Nación)
Ao lado da TV, acompanhando o noticiário, Amparim relata a destruição causada pelo terremoto (Foto: Reprodução)Ao lado da TV, acompanhando o noticiário, Amparim relata a destruição causada pelo terremoto (Foto: Reprodução)

Moradora em Santiago, Capital do Chile, a fotógrafa e jornalista Amparim Plá Lakatos relatou os momentos de horror durante terremoto, de magnitude 8,3, que matou 10 pessoas e fez com que um milhão deixassem suas casas, no início da noite de ontem (16). Depois do primeiro tremor, ocorreram ainda réplicas, de magnitude superior a 6. Casada com um chileno, Amparim morou e trabalhou por mais de 40 anos em Campo Grande, antes de se mudar para o Chile, onde vive há três anos. Ela mora há cerca de 200 quilômetros do local onde o terremoto destruiu tudo, a cidade de Tongoy, acima da Capital.

No Brasil, bombeiros de São Paulo receberam 50 chamados de pessoas que sentiram o tremor ontem e algumas relataram o mesmo em postagens na internet, segundo o UOL Notícias.

A jornalista brasileira informou que, de acordo com o Centro Sismológico Nacional da Universidade do Chile, o terremoto foi o mais forte de 2015 no mundo e mais de 60 réplicas devem ocorrer durante o dia, mas em uma pequena proporção. “Estamos nas réplicas dos terremotos. De vez em quando, dá uns tremores, mas já não existe mais a possibilidade de terremoto, segundo o professor de sismologia da Universidade do Chile”, contou.

Ontem, com intuito de acalmar a família e amigos, a jornalista postou vídeo no Facebook contando que estava bem, mas apreensiva em função do alerta de tsunami, que foi emitido para todo o país ontem e cancelado hoje (17). “Foi horrível, pode acontecer durante a noite, mandaremos noticia, ainda estou muito assustada. Acaba de dar nas notícias que as 22h50 pode passar o tsunami, na costa. Os alarmes de terremoto e tsunami ainda soam, é uma loucura, vocês devem ver nas notícias, esta noite será larga e também pode ter mais réplicas”, disse ela.

Hoje, a jornalista contou ao Campo Grande News que o mar subiu nas cidades de Vinha del Mar, Val Paraíso, Tongoy, Illabel, Coquimbo e La Serena. Em Vinha del Mar, o mar entrou nas cidades com ondas gigantes, mas o mais grave ocorreu nessas outras cidades. Amparim disse que muitos passaram a noite na rua, pois tiveram suas casas destruídas. 

Câmara Federal regulamenta carreira dos agentes comunitários de saúde
Com a presença de agentes comunitários nas galerias da Câmara, os deputados federais concluíram hoje (12) a votação do projeto de lei que regulamenta...
Anvisa libera serviço de vacinação em farmácias de todo o país
Farmácias e drogarias de todo o país vão poder oferecer o serviço de vacinação a clientes. A possibilidade foi garantida em resolução aprovada hoje (...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions