A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

03/09/2013 09:10

Jovem de 19 anos é preso após tentar matar ex-mulher e revólver falhar

Graziela Rezende

Uma jovem de 21 anos escapou da morte neste final de semana, após um desentendimento com o ex-marido em sua casa no bairro Caiçara, em Campo Grande. Ao saber que ela estava em um novo relacionamento, o homem entrou com um revólver de calibre 38 e o apontou para a cabeça da ex-esposa, porém a arma falhou na hora do disparo e ela não foi atingida.

Por conta da confusão, a Polícia foi acionada e prendeu em flagrante André Luiz Dornel Gil, 19 anos. A arma utilizada no crime também foi apreendida. Na ocasião, vizinhos e até os policiais que registraram a ocorrência se revoltaram porque a vítima disse que não queria representar contra o autor, porém depois ela disse que não o fez por medo.

Segundo a delegada Rosely Molina, titular da Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher), André foi indiciado até o momento por ameaça e porte ilegal de arma, porém a delegacia irá averiguar a tentativa de homicídio contra a jovem.

“Em depoimento, ele disse que não se arrependeu e que quando sair iria cometer o mesmo crime. Além disso, a vítima confirmou ameaças anteriores e ele confessou que comprou a arma de um desconhecido”, afirma a delegada, ressaltando que ainda irá ouvir outras testemunhas do crime.

Já a vítima disse que o casal possui uma filha de quatro anos e está separado há três meses. Nesse período, o homem dorme às vezes no local e que ficou “muito bravo” ao saber que ela estava em um novo relacionamento. Por conta disso, após uma discussão, o homem saiu e retornou com uma arma. O caso é investigado pela Polícia.

Clientes de banco podem renegociar dívidas no "Caminhão do Quita Fácil"
A partir de segunda-feira (18), clientes das agências da Caixa de Campo Grande terão a possibilidade de renegociar suas dívidas atrasadas há mais de ...
Acordo entre poupadores e bancos vai beneficiar 30% dos que entraram na Justiça
Das 10 milhões de pessoas que entraram na Justiça por perdas no rendimento de cadernetas de poupança, apenas cerca de 3 milhões serão beneficiadas, s...


Tô no bolão Leandro, as mulheres acham que um simples papel denominado "MARIA DA PENHA" vão protegê-la de homens que se dizem homens, pois só sabem bater em mulher pois quando chegam na delegacia viram umas franguinhas esses machões, contudo como essa mulher que sofreu esse atentado não terá proteção 24h da polícia o que poderemos esperar infelizmente é uma notícia nada agradável, há não ser que ela busque uma força interior e faça uma legítima defesa e mande esse "OMEM" para o inferno que é lugar de machão só com mulheres. P.S- Se cuida garota e lembre-se a melhor defesa é o ataque, se é que me entende.
 
Douglas Ruiz em 03/09/2013 13:16:56
A gente podia fazer um bolão de quantos dias vai demorar para aparecer aqui a notícia de que a belíssima justiça brasileira provará sua incompetência e o marginal conseguirá matar a moça.
 
Leandro Batista em 03/09/2013 11:37:24
Essa moça tem que fugir, desaparecer...com certeza, esse sujeito ficará poucos dias atrás das grades. Saindo, irá fazer o que prometeu.
 
Jeanne Couto em 03/09/2013 10:28:22
Bom dia,
Se a arma era inapta a fazer disparos, infelizmente ele não será indiciado por tentativa de homicídio. Configurou-se crime impossível.
Espero que medidas protetivas sejam viabilizadas para essa mulher.
 
MAX WILLIAM ALVES em 03/09/2013 10:01:40
O que esperar de uma pessoa como essa? Tenta tirar a vida da ex-esposa e ainda afirma que ao sair vai cometer o crime, ou seja, vai matar a mulher! Pessoas dessa índole deve ser retirada do seio da sociedade por um bom período de tempo. Trata-se de um assassino nato e que não aceita as diferenças. Pensam que a mulher é seu patrimônio e que pode desfazer-se quando bem entender.
 
jorge oliveira em 03/09/2013 09:36:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions