A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/02/2014 14:20

Juizado de Trânsito recebe seis vans com rastreadores e duas vão para o interior

Luciana Brazil
Solenidade de entrega de viaturas para o Juizado de Trânsito. (Foto: Pedro Peralta)Solenidade de entrega de viaturas para o Juizado de Trânsito. (Foto: Pedro Peralta)
Das seis, duas vão para o interior.Das seis, duas vão para o interior.

Equipadas com rastreadores e adquiridas pelo T JMS (Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul), seis novas viaturas foram entregues na manhã de hoje (12) ao Juizado de Trânsito do Estado. Duas unidades móveis serão encaminhadas ao interior - Três Lagoas e Corumbá - e o restante atenderá a Capital.

Além dos rastreadores, a novidade é uma central telefônica que deverá centralizar as ligações de vítimas de acidentes de trânsito no Estado.

A central deve começar a funcionar no início de março. “Já está sendo implantada e dentro de 15 dias estará em funcionamento. Estamos terminando a adaptação do sistema e vamos fazer o treinamento dos funcionários”, explicou o presidente do Conselho de Supervisão do Juizado Especial, desembargador Marco André Nogueira Hanson.

Em Campo Grande, as vans vão substituir os quatro carros que estão em funcionamento, mas segundo o TJ, já estão precários e estragados.

Os rastreadores vão facilitar o trabalho tanto na Capital quanto no interior. “Com os rastreadores o cidadão liga para a central que, imediatamente, já vai localizar onde está a van mais próxima ao acidente”, disse Marco André.

Segundo ele, o esquema atenderá da mesma forma as vítimas de acidente em Campo Grande ou no interior. “Se o acidente acontecer em Corumbá, a central vai localizar a van e orientá-la até o lugar da ocorrência”.

O Tribunal de Justiça fará a manutenção desses veículos, que custaram cerca de R$ 146 mil cada. Já o combustível deverá ser responsabilidade da prefeitura, conforme o presidente do TJMS, o desembargador Joenildo de Souza Chaves. Ele acredita que o Executivo mantenha os investimentos feitos anteriormente.

Ponta Porã, Dourados e Navirái também deverão receber esses veículos. “Até o fim do meu mandato eu quero levar o Juizado de Trânsito para essas cidades”, disse Joenildo.

“Atender o Juizado de Trânsito é primordial para uma cidade que cresce como Campo Grande. Essas viaturas são uma conquista para a população e um dever do judiciário. Queremos um atendimento melhor. O que manda é a conciliação e isso desafoga o fórum e a 2° instância”, diz Joenildo.

Conciliações- O Juizado de Trânsito atende apenas acidentes onde que não tiveram vítimas. O percentual de reconciliação já chega a quase 90%. O objetivo é evitar que a demanda vá ao judiciário. Em Campo Grande já são 5 mil processos em andamento no Juizado de Trânsito.

“Se não tivéssemos esse trabalho de reconciliação, o número de processos seria, pelo menos, o dobro”, disse o desembargador Marco André.

O telefone em caso de acidentes é o 159.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...


Parabéns desembargador! Pelo menos uma pessoa sensata com boas intenções em prol da população! Que o senhor sirva de exemplo pra muito sem-vergonha por ai! Obrigado por beneficiar melhorias para todos nós!
 
Ricardo Boretti em 13/02/2014 09:37:00
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions