A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/11/2010 09:40

Mãe reencontra criança especial após 24 horas

Redação

Na manhã de hoje (16) uma mãe que mora na Mata do Jacinto reencontrou o filho de seis anos após 24 horas desaparecido. A mulher acordou ontem por volta das 7h e não encontrou o menino em casa. Ela garante que procurou perguntando aos vizinhos se viram a criança, e só às 10h encontrou um senhor que disse ter levado o menino ao Cepol (Centro Integrado de Polícia Especializada).

Na delegacia ela foi orientada a procurar o Conselho Tutelar, que havia encaminhado a criança ao abrigo, no entanto, não pôde recuperar o filho ontem mesmo porque era feriado, e teria que passar pelas medidas administrativas antes de reencontrar o garoto. Somente hoje de manhã, a mãe foi entrevistada no Conselho e recuperou o garoto.

"Mesmo sabendo que ele estava protegido no abrigo, a gente fica angustiado querendo vê-lo logo. Foi um susto grande quando não encontrei meu filho em casa". Mãe de quatro filhos, ela trabalha como atendente de lanchonete e entra às 16h, chegando por volta das 2h em casa, e quando o menino fugiu, ela estava dormindo.

A criança é especial e não fala todas as palavras. "Ele fala pouca coisa, como 'bó', que é avó". E foi por causa da "bó", é que o menino confirma ter saído de casa. Quando a mãe perguntou onde ele queria ir, e perguntou se era na casa da avó, ele respondeu fazendo sinal positivo com a cabeça. "Eu falei pra ele que a avó tinha viajado, mas ele não acredita", disse a mãe.

O senhor que achou o menino mora a poucas quadras da casa da mãe, no entanto não conhecia nem ela nem o garoto. "Nós não saímos muito de casa. Quando não estou trabalhando estou dentro de casa com meus filhos. Agora vou ficar ainda mais atenta e sempre trancada", explica a mãe que diz também que o problema do menino ainda não foi detectado pelos médicos. "Ele faz tratamento. Os médicos pedem exames que às vezes dá positivo, outras, negativo. Não se sabe se ele tem fibrose cística ou hipotiroidismo".

A mãe foi ouvida no Conselho Tutelar no primeiro horário desta manhã e em seguida o menino foi entregue, por volta das 9h.

Mega-Sena acumula de novo e prêmio estimado sobe para R$ 43,5 milhões
Mais uma vez a Mega-Sena ficou sem vencedor na faixa principal e, com isso, a premiação acumulou e pode chegar a R$ 43,5 milhões no próximo concurso,...
Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions