A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

30/07/2013 18:00

Ministério confirma liberação de R$ 10 milhões para assentamentos de MS

Bruno Chaves

Pequenos agricultores e assentados da reforma agrária de 2,5 mil famílias de Mato Grosso do Sul serão beneficiados com R$ 10 milhões do Ministério da Integração Nacional. A liberação da verba foi confirmada nesta terça-feira (30) pelo ministro Fernando Bezerra.

O recurso vem para o Estado por meio do programa Água para Todos e o anúncio foi feito durante a 2ª reunião do Condel (Conselho Deliberativo do Desenvolvimento do Centro-Oeste), em Cuiabá.

Mato Grosso do Sul foi incluído no programa após audiência entre o senador Waldemir Moka (PMDB) e a Secretaria de Desenvolvimento Regional e a Sudeco (Superintendência do Desenvolvimento do Centro-Oeste), ambas vinculadas ao Ministério da Integração Nacional.

Segundo o senador, a Seprotur (Secretaria da Produção, da Indústria, do Comércio e do Turismo) e a Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário) irão desenvolver o projeto no Estado.

“Tenho compromisso com os pequenos agricultores e assentados. No caso do Água para Todos, a parceria será com os governos federal e estadual”, explicou.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...


Esse recurso de água para todos e luz no campo deveriam ser assegurado para todos os assentados desde a hora em que as terras são divididas, pois querer desafogar a população da zona urbana para zona rural sem condições nenhuma é fácil, depois ainda querem que trabalhem e produzam. Porque só lembram dos nossos direitos quando os dias se aproximam de eleições ? A outra pergunta é, os assentamentos que ficam próximo da região de Bandeirantes-ms serão contemplados desta vez ou ainda vai ficar carregando lata de água na cabeça, como no nordeste?
 
Vanessa Corrêa Luz dos Santos em 30/07/2013 20:08:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions