A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/07/2009 10:00

Mobilização da bancada evita cancelamento de obras em MS

Redação

Após mobilização de parlamentares de Mato Grosso do Sul, a Caixa Econômica Federal deu mais prazo para apresentação de projetos de 100 obras em Mato Grosso do Sul orçados em R$ 150 milhões. As obras poderiam deixar de ser feitas, já que o prazo expirou ontem.

Segundo o deputado Waldemir Moka (PMDB-MS), que coordenou a ação da bancada, agora é preciso celeridade. "A Caixa não quis estipular uma data. Por esse motivo, Governo do Estado e municípios devem se apressar para não perder o novo prazo", alerta.

O pedido para que o período fosse estendido foi feito durante reunião no dia 17 do mês passado, em Brasília, entre a bancada e o vice-presidente da Caixa. O argumento é de que a greve dos funcionários do banco prejudicou o andamento dos processos de liberação de recursos para obras.

Os empreendimentos são em saneamento, esgoto, asfalto e habitação, englobando praticamente todos os 78 municípios. "Não poderíamos perder esses projetos por conta da greve dos funcionários da Caixa. O assunto foi tratado com muito bom senso pela direção do banco", avalia Moka.

Dados da Caixa mostram que, no momento, existem pelo menos 300 convênios para execução de obras em Mato Grosso do Sul. Os investimentos previstos ultrapassam R$ 600 milhões. (Com informações da assessoria de imprensa).

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions