A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

21/03/2018 17:23

MS tem 9 notificações de febre amarela, aponta boletim do Ministério da Saúde

Novo balanço do Ministério da Saúde foi divulgado nesta quarta-feira. Cinco casos foram descartados e quatro estão sob investigação

Gabriel Neris

O Ministério da Saúde divulgou nesta quarta-feira (21) novo balanço dos casos de febre amarela no país. Em Mato Grosso do Sul são nove casos notificados entre 1º de julho do ano passado e 20 de março, sendo cinco descartados e quatro em investigação.

No balanço anterior, divulgado no último dia 14, haviam sete notificações no Estado, com cinco descartados e dois em investigação.

No período de monitoramento foram confirmados 1.098 casos de febre amarela no país, sendo que 340 vieram a óbito. Ao todo, foram notificados 4.102 casos suspeitos, sendo 2.150 já descartados e 854 ainda em investigação.

Embora os casos do atual período de monitoramento tenham sido superiores à sazonalidade passada, o vírus da febre amarela tem circulado em regiões metropolitanas do país com maior contingente populacional, atingindo 34,8 milhões de pessoas.

Na terça-feira, o ministro Ricardo Barros anunciou que todo o território brasileiro será área de recomendação para vacina contra a febre amarela. A ampliação será feita de forma gradual, iniciando neste ano e sendo concluída até abril de 2019. A medida é considerada preventiva e tem como objetivo antecipar a proteção contra a doença para toda população em caso de um aumento na área de circulação do vírus.

“Estamos agindo antecipadamente ao estabelecer um cronograma para vacinar toda a população brasileira. É uma ação de prevenção, não de emergência. Buscaremos os mecanismos necessários para vacinar todos brasileiros ainda não imunizados dentro da cobertura adequada para cada uma dessas áreas. Vamos fazer por precaução, pois a melhor forma de evitar a doença é vacinando a população”, disse o ministro.

Para atender à demanda do país nos próximos anos, o Ministério da Saúde solicitou ao laboratório produtor da vacina de febre amarela, Bio-Manguinhos/Fiocruz, um aumento de doses para a rotina de vacinação de 2019.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions