A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

10/04/2010 18:43

Número de mortos já ultrapassa 220 no Rio de Janeiro

Redação

O número de vítimas em consequência das chuvas no Rio de Janeiro chegou a 221 neste sábado (10), segundo o Corpo de Bombeiros. Mais quatro corpos foram encontrados durante a manhã e tarde de hoje no Morro do Bumba, em Niterói - cidade da região metropolitana que acumula um saldo de 138 mortos.

Somente no Morro do Bumba foram resgatados 31 corpos e a previsão do Corpo de Bombeiros é de que haja mais de 150 pessoas mortas pelo deslizamento da última quarta-feira (7).

No município do Rio, 63 pessoas morreram por causa dos temporais e cinco continuam desaparecidas entre os escombros no Morro dos Prazeres, onde 15 pessoas morreram soterradas.

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, informou em sua página no Twitter que moradores de parte do Morro do Urubu, em Tomás Coelho, zona norte da cidade, já estão deixando suas casas. Vivem no local cerca de 5 mil pessoas e na segunda-feira (12) cerca de 300 casas já condenadas pela Defesa Civil começarão a ser demolidas.

A comunidade do Urubu foi uma das mais prejudicadas pelas chuvas no município. As famílias desalojadas vão receber auxílio-aluguel de R$ 250 até a aquisição de uma nova moradia permanente.

O governador do Rio, Sérgio Cabral, esteve no local na parte da tarde. Ele informou que pelo menos 200 famílias do Morro do Céu, vizinho ao Morro do Bumba, serão removidas com recursos dos governos estadual e federal.

O valor não foi revelado, mas Cabral disse que os trabalhos de remoção vão começar imediatamente. No local, há um aterro que corre o risco de deslizar e soterrar casas do bairro.

A Policia Rodoviária Federal (PRF) liberou na manhã deste sábado o tráfego para caminhões e ônibus na Rodovia Magé-Manilha (BR-493), que estava fechado há três dias devido a um alagamento na localidade de Itambi. Carros de passeio ainda não estão autorizados a circular pela via, que liga a Baixada Fluminense e a Região Serrana à Região dos Lagos.

Na capital fluminense, o Alto da Boa Vista, principal acesso ao Parque Nacional da Tijuca, só será liberado na segunda-feira, segundo a prefeitura do Rio. Por causa das chuvas, o Parque Nacional da Tijuca também se encontra fechado temporariamente por determinação do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), órgão que administra as unidades de conservação federais.

A Rodovia Grajaú-Jacarepaguá, que liga a zona oeste a zona norte do Rio, continua interditada por causa da queda de barreiras e árvores nos dois sentidos.

Conselho de Psicologia aprova resolução com regra para atendimento a transexuais
Em meio à polêmica que cerca a iniciativa de psicólogos para derrubar, na Justiça, uma resolução do Conselho Federal de Psicologia (CFP) que proíbe o...
Temer veta projeto sobre negociação coletiva no serviço público
O presidente Michel Temer vetou integralmente o Projeto de Lei nº 3.831/15, aprovado pelo Congresso Nacional, que estabelecia normas para a negociaçã...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions