A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 17 de Agosto de 2018

31/05/2010 09:51

Para ALL, morte de homem em trilhos serve de alerta

Redação

A ALL (América Latina Logística), empresa que administra o ramal da ferrovia que corta Mato Grosso do Sul, emitiu nota na manhã de hoje sobre acidente que matou Ramão Barbosa, de 47 anos, o homem que morreu atropelado em Miranda, a 201 quilômetros de Campo Grande,

O acidente ocorreu no último domingo, por volta das 3h40, detalha a ALL.

Segundo a empresa "o homem atropelado estava deitado sobre os trilhos, foi alertado pelo maquinista, que acionou a buzina e os freios, mas sem conseguir parar a tempo de evitar o atropelamento", garante.

O caso, segundo a ALL serve como alerta aos motoristas e, principalmente pedestres, para o risco de atitudes imprudentes, como caminhar ou fazer qualquer outra atividade sobre os trilhos.

A empresa informa que um trem pode levar até um quilômetro para parar após o acionamento dos freios.

A empresa lembra ainda que "de acordo com o Código Nacional de Trânsito (Artigo 212), a linha férrea é sempre preferencial, sendo considerada infração gravíssima transpô-la sem parar"

A Polícia investiga o caso, e uma das suspeitas é de que o homem já estava morto quando foi colocado nos trilhos.

A empresa intensificou neste ano campanhas educativas para coibir acidentes. E No próximo dia 4 de junho, a campanha de segurança na linha férrea será realizada em Água Clara, com o apoio da Polícia Rodoviária Federal, das 9 às 10h30, na BR 262 Km 606. (Informações da assessoria)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions