A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

02/06/2010 10:15

Pesquisa reforça que mulheres têm adiado a maternidade

Redação

A pesquisa do Registro Civil de 2008, divulgada nesta quarta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística confirma uma tendência já apontada em estudos anteriores: as mulheres estão adiando cada vez mais a maternidade.

Em Mato Grosso do Sul, a pesquisa de 2004 mostrava que somente 12,6% dos registros de nascimentos eram referentes a crianças nascidas de mães com idade entre 30 e 34 anos, percentual que passou a 15% quatro anos depois. Com mães de 35 a 39 anos a taxa passou de 5,4% a 6,3%.

Já os nascidos de mães com menos de 20 anos diminuíram de 24,1% a 22,3%. Na faixa etária de 20 a 24 anos o índice também caiu de 32,4% a 29,3%, ao passo em que aumentou de 23,5% a 25,5% o número de crianças nascidas de mães com idade de 25 a 29 anos.

A ginecologista e obstetra Tatiana Serra da Cruz, que integra a diretoria da Sogomat-Sul (Sociedade Brasileira de Ginecologia e Obstetrícia, seccional de Mato Grosso do Sul), afirma que nos consultórios é menor o número de gestações entre adolescentes, embora o problema ainda exista.

Carreira

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions