A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 24 de Março de 2019

05/10/2009 17:01

PF indicia mais três acusados de vazar prova do Enem

Redação

A Polícia Federal indiciou hoje (5) mais três suspeitos de envolvimento no vazamento da prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Um deles é Felipe Pradella, que seria segurança do Consórcio Nacional de Avaliação e Seleção (Connasel), responsável pela realização do Enem. A PF não divulgou o nome dos demais suspeitos.

Já haviam sido indiciados, no sábado (3), o empresário e publicitário Luciano Rodrigues e o DJ Gregory Camillo de Oliveira Craid. Ao todo cinco pessoas já foram indiciadas no inquérito do caso Enem.

Segundo o advogado Luiz Vicente Dezinelli, que defende o empresário Luciano Rodrigues, o encontro entre três dos suspeitos foi na pizzaria de seu cliente.

"Esteve lá [na pizzaria] o Gregory, que é conhecido do Luciano, e levou Felipe, que se apresentou como Fábio, dizendo que tinha uma bomba jornalística. Como Luciano tinha contato com a imprensa, porque já trabalhou em O Estado de S Paulo, ele poderia ajudá-los no sentido de indicar o jornal que iria tomar as providências para avisar todo mundo que o exame tinha vazado", disse o advogado alegando que o papel de seu cliente foi apenas comunicar à imprensa.

Segundo o advogado, o inquérito da PF deverá ser concluído até quarta-feira (7).

Apostadores tem até amanhã para concorrer a R$ 3 milhões da Mega-Sena
Depois de pagar mais de R$ 32 milhões para uma aposta de Salvador, BA, na última terça-feira (19) o próximo sorteio da Mega-Sena acontece amanhã (23)...
ANS debate regras sobre relação entre planos de saúde e prestadores
Com o objetivo de harmonizar a relação contratual entre operadoras de planos de saúde e prestadores de serviço, a Agência Nacional de Saúde Suplement...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions