A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

29/07/2013 08:56

PM prende ladrões após acabar gasolina de carro e salva médico agredido

Graziela Rezende

Dois bandidos, que agrediram violentamente um médico para roubar a Pajero em Rondonópolis (MT), foram presos, ontem, em Rio Verde do Mato Grosso, a 207 quilômetros de Campo Grande. Eles foram presos por acaso, porque acabou o combustível e um dos assaltantes aguardava a namorada mandar dinheiro para chegar com o carro até Campo Grande. Com isso, a Polícia Militar abordou a dupla e descobriu toda a história.

Segundo o policial civil, que atendeu a ocorrência, eles saíram da delegacia para buscar um autor de violência doméstica, quando viram dois jovens parados na BR-163, próximo a um posto de combustíveis. Eles acendiam um isqueiro dentro da Pajero Branca e os policiais acreditavam se tratar de usuários de drogas.

A dupla então foi levada para a delegacia do município. Em depoimento, cada um contava uma versão diferente e a polícia começou a suspeitar do fato. Questionados mais uma vez, os jovens de 19 e 20 anos confessaram o roubo, sem dar detalhes do fato. No veículo, os investigadores encontraram uma cadeirinha de bebê, chupeta, documentos da vítima e um boleto contendo mensalidades de uma escola infantil de Rondonópolis (MT).

Os policiais ligaram para o local e a diretora confirmou que o veículo pertencia ao médico e que ele levava a filha todos os dias para a escola naquela Pajero. A mulher passou o celular da vítima e estava desligado. Os policiais novamente retornaram a ligação e pediram para a diretora discar o 190, repassando o endereço do médico para os policiais daquela cidade.

Eles rapidamente se deslocaram para o imóvel e encontraram o médico desmaiado, com as portas da casa arrombadas. A vítima tinha sido muito agredida e foi encaminhada ao hospital. Os bandidos confessaram que levaram o carro por volta das 20h, sendo que às 0h já estavam em Rio Verde.

A dupla foi presa por roubo qualificado e lesão corporal dolosa. Eles ainda estavam com porções de maconha e cocaína, sendo indiciados pelo porte de entorpecentes.



"Lesão corporal dolosa", que delegado inútil esse! Abrandando a pena dos criminosos, o correto seria roubo qualificado, lesão corporal dolosa, tentativa de homícidio, tentativa de latrocínio, dano a patrimônio particular e falso testemunho. A namorada que ficou de levar o dinheiro da gasolina também deveria responder pelos mesmo crimes, mas como no "brasil" o criminoso tem todos os seus direitos garantidos constitucionalmente e cumprido sem falhas(para o cidadão de bem nunca!), os delegados não fazem o seu serviço(colocar todos as punições cabivéis do crime no inquérito!) e os juízes só servem para soltar bandidos(seus semelhantes) nós estamos a mercê do crime.
 
Alexandre de Souza em 29/07/2013 13:01:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions