A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 19 de Agosto de 2018

04/08/2010 15:36

Polícia apreende 7 espingardas e munições em 2 fazendas

Redação

Operação realizada pela Polícia Civil na madrugada de ontem (3) resultou na apreensão de sete espingardas, uma pistola argentina, revólver e munições em duas fazendas de Bodoquena, município que fica a 266 quilômetros de Campo Grande. Cinco funcionários das propriedades rurais foram presos em flagrante.

As investigações tiveram início com denúncias anônimas indicando que funcionários das fazendas Prudente da Serra e Recanto Paraíso das Águas realizavam caça de animais silvestres.

Com mandados de prisão, as polícias de Bodoquena e de Miranda deflagraram a Operação Desarma, às 6h de ontem.

Foram apreendidas duas espingardas de calibre .36, duas espingardas de calibre .22, duas espingardas de calibre .28, uma pistola argentina de calibre .22, um revólver de calibre .32, uma espingarda de ar comprimido, munições de calibres .22, .28, .36, .32 e .765, além de pólvora, coldre e espoletas.

Junto com a apreensão, foi preso em flagrante o funcionário da fazenda Paraíso das Águas, Diego Eduardo Caetano, de 23 anos, capataz e responsável pela propriedade.

Da fazenda Prudente da Serra foram presos o gerente Benedito Caetano, de 54 anos, José Veloso de Menezes, de 49 anos, tratorista, Josué Teodoro Crisóstomo, de 44 anos, capataz, e Francisco Magno Beltrão, também capataz.

Apesar de confessar que guardavam as armas em suas residências, os funcionários negaram a existência do registro das armas.

Como não foram encontrados vestígios de crime ambiental, os homens foram presos por porte irregular de arma de fogo e munições de uso permitido. Depois de pagar fiança entre um e três salários mínimos, eles foram liberados.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions