A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

05/11/2013 07:55

Polícia deflagra operação para coibir jogos de azar na Capital e interior

Graziela Rezende

A Polícia Civil e o Batalhão de Choque da Polícia Militar, deflagraram, na manhã desta terça-feira (05), uma operação na Capital e em Ponta Porã para cumprir 13 mandados de busca. A ação ocorre após 10 meses de investigação, sobre a prática dos delitos de lavagem de dinheiro e exploração de jogos de azar (máquinas caça-níquel e jogo do bicho), por integrantes de organização criminosa com atuação nestes municípios.

Anterior ao evento foram apreendidas mais de 60 máquinas caça-níquel na Capital, além de diversos componentes eletrônicos utilizados para a montagem das mesmas. Também foi apurado o envolvimento do grupo criminoso com exploração da contravenção do “jogo do bicho” na região do Conesul do Estado, bem como na fronteira do Brasil com o Paraguai.

Durante as investigações diversas contas bancárias de pessoas físicas e jurídicas foram bloqueadas, para dissimular a origem e movimentação dos recursos provenientes da contravenção.

A operação conta com a participação de cerca de cinquenta agentes policiais do Gaeco (Grupo de Atuação Especial e Combate ao Crime Organizado), Polícia Civil e Batalhão de Choque, além de dois Delegados de Polícia e três Promotores de Justiça.

De nome “Gato Preto”, o evento policial é a denominação dada pelos investigados para identificar o grupo responsável pela exploração dos jogos de azar.

 



Perseguir o jogo do bicho ou bicheiros,como se fossem os únicos a ter grana e ter algum tipo de influência na politica é bobagem,tem muita gente,que não é bicheiro e tem grana também e banca a politica, as pessoas que fazem suas ' fezinhas' são na maioria gente humilde,que tem uma forma de trabalho fazendo suas apostas,aposta quem quer,ninguém é obrigado,jogo é jogo sendo oficializado ou não o fim é o mesmo,a ilusão ou a realização do ser humano.Quanto a parte dos impostos que cabem ao governo é outra historia.
 
antonio costa em 05/11/2013 15:26:00
O teor existente no corpo da matéria me preocupa, pois aqui na Capital/MS em cada esquina tem alguém apontando o jogo do bicho, e na maior parte estão naquelas banquinhas. Me questiono por qual motivo a ação foi desencadeada lá no cone sul se aqui no centro de MS é o ponto forte? Será que o pessoal de lá eram concorrentes dos daqui? ou são parceiros? No filme do Capitão Nascimento era utilizada a força policial do Estado para abrir caminho para os criminosos concorrentes atuarem, espero que tal fato não esteja ocorrendo em MS. Vamos ficar de olho.
 
Guilherme Luiz em 05/11/2013 12:14:35
Jeniffer Souza, a ilegalidade no jogo do bicho está no não recolhimento de impostos das apostas, diferentemente dos jogos da CEF, que é recolhido os impostos e destinados a projetos em educação, esporte e cultura.
O lucro do jogo do bicho só fica com o dono da contravenção.
E em razão disso, é ilegal.
Entendeu??
 
Jorge Santos em 05/11/2013 11:49:52
Me desculpa mais na minha opinião o jogo do bicho, antigo gato preto , não é um jogo de azar , e se é considerado como tal o jogo da mega sena , quina , quadra etc. são feitas do mesmo modo (sorteios), não há uma fraude , se há um ganhador ele ganha , depende de sua sorte , palpite , etc..
já que é um jogo ilegal porque os jogos da caixa não são ilegais também , afinal são as mesmas coisas são jogos de aposta , e não jogos de azar , considerando que ninguém obriga nem uma pessoa a fazer essas apostas .
 
jeniffer souza em 05/11/2013 11:08:15
É PIADA PURA TODOS SABEMOS QUE É O DONO DESTES JOGOS MAS ALGUEM TEM PEITO PARA IR LA E PRENDE-LO NÃO ATÉ PORQUE A LEI OS AMPARA ENTAO VAO ALGO DE MELHOR PARA A SOCIEDADE
 
CLAUDINEI BRAZ DE LIMA em 05/11/2013 10:23:06
coloca o dotor odilon pra investigar esse pessoal ai, ele resolve
 
ILTON IKEDA em 05/11/2013 10:09:55
(De nome “Gato Preto”, o evento policial é a denominação dada pelos investigados para identificar o grupo responsável pela exploração dos jogos de azar.) Isso é gozação só pode, a banca de jogo do bicho "GATO PRETO" tem 100 anos de Campo Grande já passa de pai para filho kkkkk e ninguém sabe quem é o dono? alguém ai não anda pagando o de sempre...
 
Antonio Mazeica em 05/11/2013 09:20:03
Todos sabem quem é o chefão da jogatina em MS, será que vão prende-lo hoje??? Se isso acontecer, passaremos a acreditar um pouco mais na justiça do MS.
 
Ana Cardozo em 05/11/2013 08:47:01
Haaaaaaaa ta de sacanagem ,até agora não descobriram quem e o chefão?
 
Junior Arantes em 05/11/2013 08:26:11
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions