A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 19 de Outubro de 2019

21/10/2009 17:13

Polícia desativa cassino e apreende 23 caça-níqueis

Redação

Operação feita por policiais da Deops (Delegacia Especializada de Ordem Política e Social) desativou esta tarde um cassino onde foram apreendidas 23 máquinas caça-níqueis. A casa de jogos funcionava em uma residência localizada na Rua Brilhante, Vila Bandeirantes, em Campo Grande.

De acordo com o delegado Silvano da Motta, há dez dias as ações eram monitoradas. Na ação, que envolveu dez agentes, as máquinas foram apreendidas e seis pessoas acabaram detidas.

Entre os suspeitos de envolvimento com a exploração de jogos de azar está uma mulher que não quis se identificar. Ela afirma que trabalha no local há um mês e vinte dias.

Durante o período em que atuou no local, ela não conheceu o proprietário. A funcionária garante que cerca de seis apostadores eram recebidos diariamente.

No entanto, ao longo dos dez dias de monitoramento à casa, os policiais viram que aproximadamente 15 pessoas diferentes entravam e saíam das residências.

A movimentação diferente da rotina de uma casa de família levantou suspeita sobre as ações realizadas no local.

A casa de jogos desativada hoje funcionava em imóvel de muros altos, com uma sala de estar e outras três onde eram feitas as apostas.

Os caça-níqueis apreendidos eram sofisticadas, a maioria com monitores de LCD.

Havia máquina para cartão de crédito e logo na entrada um cartaz indicava que as apostas só podiam ser feitas em dinheiro e cheque para no máximo 20 dias. Nos fundos havia uma área gramada e uma churrasqueira.

A região é comercial e tem pizzaria, chaveiro, sorteria e pet shop perto.

Existem poucas casas nas imediações. A professora Cristiane Schefer, 36 anos, disse que não imaginava que o local pudesse ser uma casa de jogos.

Ela revela que sempre ocorria gritaria, inclusive de madrugada, no entanto, pensou que pudesse ser uma família grande.

Cristiane conta ainda que uma movimentação estranha começou a ocorrer no local há aproximadamente dois meses.

De acordo com o delegado, devido ao pouco tempo de funcionamento, não deu para que fosse firmada clientela.

Foram apreendidas lâminas de cheque e R$ 248,00 em dinheiro. Ainda não foi esclarecido os valores das apostas.

As seis pessoas detidas pela contravenção poderão apontar detalhes do funcionamento do cassino.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions