A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/04/2010 09:55

Policia fecha laboratório de cocaína próximo à fronteira

Redação

Operação da Felcn (Fuerza Especial de Lucha Contra el Narcotráfico), da Bolívia, estourou no último dia 15 um laboratório de refino de cocaína localizado em Águas Calientes, cidade que fica a menos de 300 quilômetros de distância da fronteira com Corumbá, de acordo com informações do Diário Online de Corumbá.

O laboratório de refino de cocaína, segundo a polícia boliviana, é um dos maiores descobertos na província e tinha capacidade para processar até 30 quilos de droga por dia.

Agentes apreenderam durante a operação duas espingardas, um rifle, equipamentos de comunicação, acetona, éter, ácido sulfúrico, ácido clorídrico, diesel, gasolina, lotes de embalagens de plástico e câmaras frigorificas. Também foi apreendido um trator, que os traficantes utilizavam para levar materiais para o laboratório.

Informações do jornal boliviano El Deber dão conta que quatro pessoas foram presas. Os detidos foram identificados como Isaías Yoya Munoz, John Alexander Sulu Porras, Francisco Janes García Nieto (todos os colombianos) e Hipólito Zanabria Cuellar (Bolívia). Eles foram encaminhados para a prisão Palmasola.

O laboratório funcionava há mais de seis meses, com cerca de 20 pessoas. A estimativa das autoridades bolivianas é que foram investidos no local cerca de US$ 500 mil. A Felcn ainda investiga se há uma pista de pouso clandestinas perto de Aguas Calientes, por onde os traficantes de cocaína enviariam a droga a outros países. (Com informações do Diário Online, de Corumbá)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions