A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

20/01/2014 08:54

Polícia investiga "fakes" do PCC que ameaçam PMs após morte em MS

Graziela Rezende
IP do perfil já está sendo identificado. Foto: Reprodução FacebookIP do perfil já está sendo identificado. Foto: Reprodução Facebook
Polícia acredita que perfil seja fake. Foto: Reprodução FacebookPolícia acredita que perfil seja "fake". Foto: Reprodução Facebook

O setor de inteligência da Polícia Militar investiga, nas redes sociais, internautas que estariam “atacando” a instituição e inclusive “jurando” a morte de policiais. Os perfis foram criados logo após a morte de um jovem que seria integrante do PCC (Primeiro Comando da Capital), em um confronto com a PM no município de Três Lagoas, a 338 quilômetros da Capital.

Em um deles, com o nome de Kéthilen Antonia Leonardo, a “saverynho”, ontem foi postado: “um parceiro morto e cinco polícia no caixão, então Justiça!”. O internauta Ronaldo Bernardes diz: “A vingança tem que ser feita mesmo, é a hora deles nega”. Este último ainda escreve outras palavras dando a entender que seria preso, já que comenta que “logo logo estará de volta...”.

Horas antes, a suposta Kéthilen já havia postado que “ele partiu pro lado de Deus...descanse em paz #tito”. Na verdade, este é o apelido de Jeferson Muniz Hederich, morto na madrugada de ontem (19), após sair de uma boate na avenida Ranulpho Marques, acompanhado da namorada.

Crime - Por volta das 3h20, ele saiu e entrou em um veículo S10. O casal foi perseguido por Anderson Campos Silva, vulgo “Derção”, que os surpreendeu e atirou contra o carro com uma pistola 9 mm. A mulher fugiu, porém Jeferson morreu no local.

Uma equipe da Rotai (Rondas Ostensivas Táticas do Interior) fazia rondas na região e ouviu os disparos. O autor estava correndo, em meio ao matagal quando passou a pular o muro de algumas casas. A Polícia o acompanhou até o momento dele tentar pular o muro de um comércio, sendo que ele atirou duas vezes contra a guarnição e foi alvejado em seguida.

O bandido recebeu atendimento médico, mas morreu em seguida. A Polícia Civil de Três Lagoas também dá andamento ao inquérito policial hoje para investigar a motivação do crime.

Apologia ao uso de drogas – Há uma semana, em Campo Grande, a Polícia apresentou um rapaz de 25 anos que utilizava o facebook para propagar imagens que faziam apologia ao crime e ao uso de drogas. Renan da Rocha Greff foi preso na sexta-feira (10) na casa da mãe dele, no bairro Santo Antônio.

Em uma das fotos postadas de maconha ele inclusive diz que a droga é “seu bebê”. Também na rede social, Renan escreveu que “vai capotar uma viatura da Polícia” e que não confia na instituição (Polícia). “Não confio na Polícia, raça do cara...”.

O autor será indiciado por apologia ao crime e ao uso de drogas, cuja pena de detenção varia de três a seis meses.

 

Mega-Sena acumula e prêmio no sábado pode chegar a R$ 39 milhões
A Mega-Sena mais uma vez ficou sem vencer na noite desta quarta-feira (13) e, assim, acumulou. O prêmio pode subir para R$ 39 milhões no sorteio do p...
Chuva intensa de meteoros terá pico na madrugada de quinta-feira
A chuva de meteoros Geminídeos – uma das mais intensas e brilhantes do ano – vai ocorrer durante a noite de hoje (13) e a madrugada de amanhã (14) e ...
STF tem maioria a favor de delação negociada pela Polícia Federal
O Supremo Tribunal Federal (STF) formou hoje (13) maioria para manter a autorização legal para que a Polícia Federal (PF) possa negociar delações pre...


Na minha opinião a melhor coisa é de não construir mais presidio e sim construir mais cemitérios porque investir em bandido é só aumentar a criminalidade porque nós pagamos com nosso salario miserável e ainda pagamos o maior imposto do mundo não isto não é justo sustentar esses que nasceu somente para a tirar a vida de outras pessoas ainda o pior tiram vidas de crianças sem defesa .BANDIDOS TEM QUE SER MANDADO PARA A CIDADE DE SETE PALMOS E AINDA COMER CAPIM PELA RAIS E AINDA SER ALIMENTADO POR CORÓS e ainda é pouco eu se fosse policia bandido anoitecia e não amanhecia igual quando o brasil era comandado por militares que falta faz a ditadura militar sinto saudades porque não existia criminalidade o brasil perdeu o controle a bandidagem já tomou conta e estão balas neles.
 
fatima martins em 20/01/2014 22:24:53
Gente mas quem é que vai ser imbecil de fingir que é do PCC, fingir que é o Boninho ou o Eike Batista (quando era bilionario) tudo bem, mas fingir que é do PCC? Vocês provavelmente estão atrás de uma quadrilha de doentes mentais...
 
maximiliano nahas em 20/01/2014 16:00:25
um membro do próprio partido mata o outro,que atira contra os pms,queria o que?receber flores de volta?só teve o que mereceu
 
francisco da silva em 20/01/2014 11:13:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions