A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

01/03/2010 16:25

Polícia prende 8 dos 11 acusados de roubo a joalheria

Redação

Policiais da Defron (Delegacia Especializada de Repressão aos de Fronteira, que atua integrada ao DOF) prenderam oito dos 11 acusados de fazer parte da quadrilha que roubou 330 peças de ouro e prata de uma joalheria em Dourados e R$ 106 mil de um malote de um supermercado de Maracaju. Entre os integrantes detidos estão duas mulheres.

De acordo com a delegacia, um outro acusado, Anderson Flávio Pereira, conhecido como Pagodeiro ou Neguinho Social, foi assassinado em uma lanchonete no dia 9 de fevereiro, em Dourados. Ele cumpria pena no regime semi-aberto, em Dourados.

A polícia informou ainda que apreendeu armas, munições e veículos usados pelo bando, além de recuperar parte das jóias e do dinheiro roubado.

Estão presos Luciano da Silva Cunha, de 29 anos, Juliano César Pedrozo, de 27 e Géferson Vareiro Coronel, 20, que cumpriam pena em regime semi aberto em Dourados; Valdecir de Jesus, de 35, Reginaldo Romeiro da Silva, 19, Cleison Sousa Porto, 24, Patrícia Cesari Lima, 22, e Joyce Aparecida Silva Vasconcelos, 27.

A quadrilha também é acusada dos roubos de R$ 8 mil em uma panificadora de Dourados e de um malote em um caminhão do Frigorífico São Luiz, onde havia apenas documentos da empresa.

Procurados - Dois acusados continuam foragidos: Anderson Sousa dos Santos, de 21, e João Rafael Gomes Alves, de 27. Apelidado de João Gordo, este último também cumpria pena em regime semi-aberto em Dourados.

Quem tiver informação sobre o paradeiro dos foragidos deve ligar para o disque-denúncia do DOF, através do telefone 0800-647.6300.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions