ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, SEXTA  23    CAMPO GRANDE 31º

Cidades

Prefeitura ainda não autorizou posse de professora cega

Redação | 08/06/2010 19:56

A professora Telma Nantes de Matos, aprovada em concurso público mas excluída da nomeação por ser cega, foi hoje até a Central de Concursos verificar a situação de sua posse, mas recebeu a informação de que ainda não foi autorizada.

Ontem venceu o prazo para a prefeitura de Campo Grande dar posse a Telma. A decisão, dando prazo de 48h, é do dia 28 de maio, mas a prefeitura foi notificada na quarta-feira passada, quando o prazo começou a correr, e terminou só ontem em razão do feriado prolongado.

"Agora é esperar e aguardar pacientemente que me liguem. O mínimo que espero é que seja respeitado meu direito ao trabalho", argumenta Telma.

O procurador jurídico do município responsável pelo caso, Henrique Anselmo Brandão Ramos, informou ao Campo Grande News que a prefeitura recorreu da decisão que determinou a posse da professora e que vai aguardar o recurso ser julgado pelo Tribunal de Justiça.

O caso se transformou em batalha judicial após um parecer ter considerado a professora inapta para o cargo e ela entrar com ação para exigir o direito de ser enquadrada em uma vaga para pessoas com deficiência.

Chegou a ser anunciado um acordo entre prefeitura e a professora, mas como ela não desistiu de uma ação de indenização por danos morais, o município decidiu levar a disputa judicial adiante. A pedagoga pede indenização de R$ 120 mil pelos danos morais sofridos com a rejeição para atuar na Educação Infantil do Município. O mérito da ação ainda não foi julgado.

Nos siga no Google Notícias