A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 22 de Agosto de 2018

06/06/2011 16:19

Preso em MS, atuando no INSS, médico acusado de fraude a vestibular

Marta Ferreira

Foi preso hoje pela Polícia Federal em Três Lagoas o médico perito do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) George Evandro Barreto Martins, 37 anos.

A prisão foi determinada pela Justiça Federal de Pernambuco, para onde George deve ser transferido. O motivo não foi informado.

O médico ficou conhecido nacionalmente em 1999, quando foi preso e acusado de integrar uma quadrilha que fraudava provas de vestibulares, especialmente de Medicina.

Ele atuava como dublê de candidatos ao vestibular de universidades federais, segundo a acusação do MPF.

O caso-A denúncia do MPF apontava que o mentor do esquema criminoso, Francisco Alves Godim Neto, atuava com com o auxílio de mais três pessoas, falsificando documentos para que o aluno interessado em passar no vestibular fosse substituído, na realização das provas, pelos chamados dublês – pessoas pagas para fazer os exames. Uma quinta pessoa também integrava o grupo como aliciadora dos dublês.

O interessado na aprovação abria uma conta bancária conjunta com Francisco Alves, na qual era depositado o valor cobrado para execução da fraude, que variava de 15 mil a 20 mil reais. Se houvesse a aprovação no vestibular, o dinheiro era resgatado por Francisco. Em caso contrário, o valor eradevolvido ao candidato. Cerca de 600 reais desse montante eram usados na falsificação dos documentos e outros 5 mil reais, pagos ao dublê.

No processo aberto contra Francisco e os outros acusados, inclusive George, há a informação de que o crime relativo ao médico prescreveu. Ele também é alvo de outros três processos.

George está no presídio de Três Lagoas e deve ser transferido para Pernambuco. Ele foi nomeado no ano passado após ser aprovado em concurso público.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions