A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

12/12/2008 08:10

Quarenta farmácias receberiam remédio sem recolher ICMS

Redação

Os medicamentos apreendidos pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado), que entravam no Estado sem recolhimento de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços), seriam distribuídos em 40 estabelecimentos, sendo 21 em Campo Grande e outros em Dourados, Naviraí, Coxim, Miranda, Itaquiraí, Camapuã e Jardim.

O Gaeco acredita que por semana três caminhões furavam as barreiras fiscais e entravam com os medicamentos sem recolher impostos. Considerando que a carga de apenas um caminhão, apreendida na quarta-feira, foi avaliada em R$ 91.760.00, representando sonegação de R$ 15.500.00, por semana a sonegação mensal através do esquema pode ser calculada em R$ 186 mil.

O presidente do Sinprofar (Sindicato dos Proprietários de Farmácias), Sebastião Paulino Borges, afirma que, além de lesar os cofres estaduais, as drogarias que compram medicamentos que entram no Estado sem recolher o ICMS prejudicam o setor, estabelecendo concorrência desleal.

Carro roubado no RJ é recuperado em estrada rumo ao Paraguai
Um automóvel recentemente roubado no Rio de Janeiro foi recuperado por policiais militares em uma estrada vicinal de Japorã –a 487 km de Campo Grande...
Recesso de fim de ano começa nesta semana no Judiciário e Legislativo
Na reta final de 2017, para alguns servidores a "folguinha" das festas começa mais cedo. Em orgãos Estaduais e Federais de Mato Grosso do Sul, tem re...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions