A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

28/10/2009 11:20

Rapaz que assaltou delegado é preso com a arma do crime

Redação

A Polícia Civil prendeu nessa segunda-feira, em Campo Grande, Dílson Verão Pereira, 23 anos, suspeito de ter assaltado o delegado aposentado de Polícia Civil Antônio Fernandes da Silva, de 61 anos. Ele foi preso com a arma usada no assalto.

Dílson, conhecido como "Frajola", foi preso no Jardim Bálsamo. De acordo com a Defurv (Delegacia Especializada de Furtos e Roubos de Veículos), ele viu os policiais, correu e sacou um revólver.

Ao pegar a arma, Dílson foi ferido na perna por disparo feito por um policial, para evitar que ele atirasse. Dílson foi levado para Santa Casa, onde recebeu atendimento médico, sendo liberado em seguida.

Segundo a Defurv, a arma que Dílson sacou é a que foi utilizada no assalto ao delegado, no Jardim Tijuca, e também para render uma família, no mesmo bairro. O revólver calibre 32 usado nos dois roubos está apreendido.

O assalto à casa do delegado aconteceu na manhã do dia 1º de outubro. Quatro dias depois, à noite, Dílson e um comparsa, pularam o muro da residência de um funcionário público federal, renderam as diversas pessoas que estavam na casa, as mantiveram refém por uma hora e fugiram com eletrônicos, celulares e um EcoSport.

O EcoSport foi encontrado no dia seguinte ao crime, na região do Jardim Tijuca, nas proximidades em que foi localizado o Honda Civic roubado do delegado.

O Honda Civic estava com Fernando Soares da Silva, de 19 anos, que declarou que não sabia que comprou o carro por R$ 1 mil e não sabia que era roubado.

Já algumas jóias roubadas da casa do delegado e também a pistola dele, foram encontradas com Dílson, que segundo a Polícia, disse que não sabia que o alvo era um policial.

De acordo com a Defurv, Dílson declarou que fez os dois roubos a mando de presidiários e que pensou que o delegado fosse um empresário.

Conforme a Defurv, Dílson já esteve preso por roubo, furto, porte de arma e homicídio. Alguns destes crimes cometidos ainda quando ele era adolescente.

Um dos envolvidos no assalto à casa do delegado, Wesley Santana, de 17 anos, foi assassinado a tiros no fim da tarde do último dia 19, no bairro Piratininga.

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions