A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

20/05/2009 17:10

Raspadinha era "fachada" para jogatina na internet

Redação

Bilhetes vendidos como "raspadinhas" em esquema chefiado pelo major Sérgio Carvalho, na verdade serviam como senhas para que os jogadores apostassem sem sair de casa, pela internet.

A quadrilha criou um site, que não teve o endereço divulgado, onde eram oferecidos diversos jogos de azar. A pessoa comprava o bilhete e ao raspar obtinha uma senha para o jogo on line. Depois, os vencedores tinham apenas de ir até o cassino, apresentar o bilhete com a senha e retirar o prêmio.

O major é considerado foragido desde fevereiro deste ano. Após ganhar a liberdade condicional, em processo por tráfico de drogas, o beneficio foi derrubado. Há 3 meses foi anunciada decisão final da Justiça, que negou liberdade que a defesa havia pedido.

Carvalho deveria voltar para cumprir o restante da pena de 15 anos. Ele foi condenado em 97 e ficou até 2005 no Presídio Militar de Campo Grande.

Ao invés de se entregar, o major abriu um cassino em Puerto Quijarro, inaugurado no final de abril, aponta o Ministério Público. O oficial também vivia em endereço conhecido no bairro São Bento, em Campo Grande.

Segundo as investigações, que começaram há 5 meses, Carvalho já mantinha há 3 anos o jogo clandestino em pelo menos dois cassinos, além de ter caça-níqueis em 13 bares e algumas residência na Capital.

Durante coletiva de imprensa na tarde de hoje, o procurador-chefe do Ministério Público Estadual, Miguel Vieira, apresentou poucas novidades sobre o caso e disse desconhecer qualquer lista com nomes de autoridades do governo, do Legislativo e de empresários. "Se eu falar qualquer coisa, serei leviano porque não vi lista alguma", argumentou.

Apesar da declaração, a lista existe e foi fotografada na manhã de hoje pelo Campo Grande News em um dos cassinos fechados durante a operação Las Vegas.

Questionado sobre as consequências para o jogador, o procurador lembra que pena também pode ser aplicada por prática de jogo, além de corrupção passiva e ativa.

Nessa quarta-feira foram presas 19 pessoas, entre elas o capitão da PM Paulo Xavier, de Campo Grande. Segundo as investigações, ele é proprietário da cerâmica Bem te vi, que é registrada em nome da esposa.

MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...
Presos da penitenciária federal da Capital são julgados por crime em RN
Um preso custodiado no presídio federal de Campo Grande foi julgado, ao lado de outros três homens, na quinta-feira (14) e nessa sexta-feira (15) por...
Governo Federal reduz período do horário de verão para 2018/19
O presidente Michel Temer assinou hoje (15) um decreto reduzindo em duas semanas o horário de verão em 2018. No ano que vem, a medida começará a vale...
Inscrições para o Vestibular 2018 da UFMS seguem abertas
A UFMS (Universidade Federal de Mato Grosso do Sul) segue com inscrições abertas para o Vestibular 2018, que selecionará alunos para cursos de gradua...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions