A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

27/04/2010 09:24

Taxista assassinado sustentava a esposa, filha e 3 netas

Redação

O taxista Everaldo Pedroso Pereira, 63 anos, encontrado morto na madrugada hoje, em Sidrolândia, era arrimo de família e, além da esposa, sustentava uma filha e as três netas, crianças de 10 e 13 anos.

Muito abalada, a filha que mora com ele, Marielza Fátima Pereira, 36 anos, conta que Everaldo começava a trabalhar muito cedo, antes das 6 horas, e chegava em casa tarde. "Só conseguia parar quando desligava o celular", diz.

Ele sustentava ela, a esposa e as netas, gêmeas 10 anos e uma adolescente de 13 anos. "Ele era o avô, mas fazia o papel de pai, levava as meninas no colégio, era ele quem participava das reuniões na escola", conta.

A família está chocada com a brutalidade do crime. Everaldo atendeu um pedido de corrida, de três jovens, no fim da noite de ontem, e quando estava na entrada do distrito de Quebra-Coco levou uma facada no pescoço. O motorista de um ônibus com escolares avistou o corpo e acionou a Polícia.

Milton Cecílio dos Santos de 30 anos, Aparecido Rodrigues Barbosa, 27 anos e Cleidson Santos de Lima, 23 anos, foram preso às 2h30, em Anastácio, onde foram a uma boate. Eles foram abordados por policiais porque o condutor estava dirigindo embriagado.

"A gente quer justiça para que esses três marginais fiquem presos por um bom tempo. Mataram um pai de família, trabalhador", lamenta Marielza.

O corpo está sendo velado na capela Bom Jesus e será sepultado às 17 horas no cemitério municipal de Sidrolândia. (Colaborou o repórter Marcos Leite)

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions