A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

09/06/2015 20:59

TJ-MS terá cotas para negros em concursos para juiz, determinou CNJ

Lúcio Borges

O TJ-MS (Tribunal de Justiça de MS) terá que reservar cotas para negros em concursos para juizes que ocorreram a partir desta terça-feira (9). A determinação foi feita pelo CNJ (Conselho Nacional de Justiça), que aprovou hoje (9) resolução determinando a reserva de 20% de vagas para cidadãos que se declararem negros na disputa de algum concurso público para a magistratura de todo o país.

De acordo com a norma, a reserva será obrigatória quando o número de vagas for igual ou superior a três. A resolução prevê que os candidatos que se autodeclararem pretos ou pardos também poderão concorrer pelo sistema.

Os critérios de selação terão validade até 9 de junho de 2024, quando termina a vigência da Lei 12.990/2014, norma que determina a reserva de 20% para negros em todos os concursos públicos.

No ano passado, o primeiro Censo do Poder Judiciário revelou que 4% dos magistrados se declararam pardos, 1,4%, pretos e apenas 0,1%, indígena. Segundo a classificação racial usada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), os pretos e pardos, somados, formam o grupo de negros. (com informações do CNJ).

Mega-Sena pode pagar R$ 39 milhões no sorteio deste sábado
A Mega-Sena deste sábado (16), que está acumulada, pode pagar R$ 39 milhões para quem acertar os seis números. O concurso 1.997 ocorre às 20 horas, h...
MEC deve homologar Base Comum Curricular na próxima quarta-feira
O Ministério da Educação informou que a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), aprovada hoje (15) pelo Conselho Nacional de Educação (CNE), deve ser ...


E quando vai sair a cota para orientais? Afinal somos minoria.
 
Guilherme Arakaki em 10/06/2015 01:39:55
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions