A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

16/01/2014 16:15

Tráfico usa carro novo e MS responde por 53% da maconha do País

Edivaldo Bitencourt e Filipe Prado
Traficante passa a usar carro de luxo e novo para levar droga no Estado (Foto: Divulgação)Traficante passa a usar carro de luxo e novo para levar droga no Estado (Foto: Divulgação)

O tráfico internacional de drogas passou a ser mais ousado, a utilizar carros novos e de luxo e a transportar drogas em grande quantidade. No ano passado, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) apreendeu 53,512 toneladas de maconha em Mato Grosso do Sul, o que representa 53% do total da droga apreendida em todo o País.

Em relação a 2012, o montante de maconha apreendida, quando foram 38 toneladas, cresceu 40% no Estado. Já o total de cocaína apreendido teve redução de 26,28%, de 3,116 toneladas para 2,297 toneladas.

Segundo o inspetor chefe da Seção de Fiscalização e Policiamento da PRF, Airton Motti Júnior, as principais causas do aumento no tráfico de maconha foi a mudança no perfil dos traficantes. Antes, o volume máximo traficado era de 100 quilos, em média. Atualmente, eles transportam de 500 a 600 quilos por viagem.

Motti Júnior explicou que o carro utilizado no tráfico de drogas também sofreu mudança. O tráfico passou a recorrer a carros novos e de luxo, como Santa Fé, Corolla, Honda Civic, entre outros. Antes, eles usavam carros velhos e roubados, que acabavam sendo trocados por drogas.

Tráfico usa carro novo e MS responde por 53% da maconha do País

Os policiais também passaram a correr mais riscos, já que os traficantes ficaram mais ousados e violentos. Segundo o inspetor da PRF, os traficantes não obedecem às ordens de parada dos policiais rodoviários federais. Também passaram a carregar gasolina extra no veículo para evitar paradas para interromper a viagem.

Apesar da redução, o total de cocaína apreendido no Estado representou 38% do total das 27 unidades da federação.

Pneus – Apesar do aumento da repressão, como a prisão de quadrilhas na fronteira, houve aumento de 305% no número de pneus apreendidos, de 1,3 mil para 5,4 mil.

O volume de medicamentos também cresceu 49%, de 83 mil para 124,1 mil unidades entre 2012 e 2013. A quantidade de veículos roubados recuperados subiu 20,6%, de 261 para 315.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions