A notícia da terra a um clique de você.
 
20/09/2019 06:27

Adiós pessimismo! Os otimistas vivem mais.

Mário Sérgio Lorenzetto
Adiós pessimismo! Os otimistas vivem mais.

Anime-se! Eis um bom motivo para deixar de franzir a testa, em sinal de eterna preocupação. As pessoas otimistas chegam a viver até 15% mais que os pessimistas, de acordo com um novo estudo que abrange milhares de pessoas, feito durante três décadas.
Os resultados mostraram que as emoções - otimismo e pessimismo - funcionam diferente para homens e mulheres.

Adiós pessimismo! Os otimistas vivem mais.

Otimismo feminino.

Os cientistas combinaram dados de dois estudos de longo prazo. O primeiro foi realizado com 69.744 mulheres. Outro estudo foi realizado com 1.429 homens. Os dois avaliavam a percepção e sentimentos em relação ao futuro. Depois de controlar as condições de saúde, comportamentos como dieta e exercício e outras informações demográficas, os cientistas conseguiram demonstrar que as mulheres mais otimistas viviam em média 14,9% a mais que suas colegas mais pessimistas.

Adiós pessimismo! Os otimistas vivem mais.

Homens mais pessimistas.

Para os homens os resultados foram um pouco menos dramáticos, os mais otimistas viveram 10,9% a mais do que seus pares.
As mulheres mais otimistas também tiveram 1,5 vezes mais chances de atingir 85 anos do que as menos otimistas. Já os homens mais otimistas tiveram 1,7 vezes mais chances de chegar a essa idade.

Adiós pessimismo! Os otimistas vivem mais.

Otimismo é igual a comportamento saudável?

Os cientistas entendem que uma mentalidade otimista pode promover comportamentos saudáveis como exercícios e dietas. Os otimistas podem também lidar melhor com o estresse do que os pessimistas, optando por buscar objetivos de longo prazo, em vez de recompensas imediatas, quando confrontados com uma situação desafiadora.Também afirmam que os pessimistas podem aprender a se tornar otimistas.

imagem transparente
Busca

Classificados


Copyright © 2019 - Campo Grande News - Todos os direitos reservados.